Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-01-2007

SECÇÃO: Opinião

Festa das Papas

foto
Quando a Festa Começou
Ninguém sabe o ano primeiro
Mas no dia, esse foi
Dia 20 de Janeiro.

S. Sebastião bendito
Vamos-te festejar sempre
Começaram os antepassados
Nós seremos daqui p’rá frente.

Por ti somos protegidos
Nunca te esqueças de nós
Também não esqueceremos
Da promessa de nossos avós.

Enquanto tivermos força
Para poder trabalhar
Cozeremos o pãozinho
Para aos peregrinos dar.

Daremos papas e carne
E o vinho não pode esquecer
Em Janeiro está frio
E o povo tem que aquecer

A comida é oferecida
Sempre em toalhas de linho
E agora e noutros tempos
As toalhas melhores que tinham.

Será como antigamente
P’ra cumprir a tradição
Os manjares daquele tempo
E os carros na procissão.

A “mezinha” tem poder
Se com fé ela for comida
Foi feita com muita fé
E com muita fé é servida.

S. Sebastião és querido
Neste lugar de Samão
Tu és nosso companheiro
Trazemos-te no coração.


Cecília Carvalho

Por: Cecília Carvalho

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.