Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-10-2006

SECÇÃO: Região

PIDDAC/2007 benéfico para Cabeceiras de Basto
Cabeceiras de Basto garante Unidade de Internamento e Palácio da Justiça

PIDDAC - Programas de Investimento e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central para Cabeceiras de Basto de 2002 a 2007
PIDDAC - Programas de Investimento e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central para Cabeceiras de Basto de 2002 a 2007
Apesar do rigor do Orçamento de Estado, o concelho de Cabeceiras de Basto recebeu neste plano do Governo uma dotação orçamental de 8.793.861 euros [1.763.011 contos]. A proposta do PIDDAC [Programa de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central] que este ano representa um crescimento de 4,124 por cento, em relação ao ano de 2006, destina-se à concretização de equipamentos e investimentos, alguns deles esperados há vários anos, tais como o Palácio da Justiça ou a Unidade de Internamento, entre outros, essenciais para o desenvolvimento do concelho que se encontra numa importante fase de crescimento. De referir ainda, que desde 2002, Cabeceiras de Basto vinha registando uma significativa diminuição do PIDDAC que se manteve nos anos de 2003, 2004 e 2005 sob a Governação do PSD. Com a Governação do PS, desde 2006, que o concelho tem registado um aumento significativo (como se pode verificar no gráfico que damos à estampa) apresentando-se este ano com a segunda maior dotação orçamental do distrito de Braga.
Recorde-se que as novas vias de comunicação, tais como a Auto-estrada A-7, os investimentos já efectuados neste concelho, a dinâmica sócio-cultural e económica verificada, conferiram uma nova centralidade a esta terra de Basto que, nos últimos anos, registou, de acordo com os Censos de 2001, um aumento de 10 por cento na sua densidade populacional.
Das obras previstas naquele plano do Governo para 2007, destacam-se a construção da Variante às EENN 205 e 210, isto é desde o Nó da A-7, no Arco de Baúlhe, até à Zona Industrial de Lameiros (Refojos) orçada em 7,3 milhões de euros, dos edifícios do Centro de Emprego das Terras de Basto com uma verba de 410.700 euros, para a Unidade de Internamento no Centro de Saúde com uma orçamentação de 150 mil euros e para o Palácio da Justiça com a verba de 800 000 euros.

Câmara congratula-se com PIDDAC 2007

Segundo informação divulgada, a Autarquia considera que a proposta de PIDDAC para o concelho é um acto de justiça e de reconhecimento em relação ao trabalho desenvolvido nesta terra, pelo Município, pelos agentes sociais, culturais e económicos locais, quer sejam públicos ou privados, singulares ou colectivos.
A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto congratula-se assim, com a proposta de investimentos apresentada pelo actual Governo para o concelho e deseja que as acções aí previstas se iniciem e concretizem no mais curto espaço de tempo.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.