Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-07-2006

SECÇÃO: Região

Convenção Nacional da Hicon

foto
A Hicon realizou a convenção nacional da rede de agentes, no passado dia 15 de Julho, em Cabeceiras de Basto, a qual contou com a presença de operadores de telecomunicações, de fabricantes de equipamentos tecnológicos, de escolas técnico-profissionais, de centros de formação e mais de 100 agentes da rede Hicon.
No período das intervenções, as operadoras salientaram a relação e as parcerias estabelecidas com a Hicon, e a posição desta no mercado nacional, chegando a representar, em algumas operadoras, de 15 a 20% da sua quota de mercado.
foto
Na intervenção do director comercial da Hicon Comunicações para a rede fixa, Carlos Sousa, começou por salientar a necessidade da evolução dos produtos que as operadoras disponibilizam para o mercado, tanto a nível técnico como na competitividade de valores, e a importância dos departamentos de marketing na divulgação, para que a taxa de penetração aumente a nível de dados e multimédia entre outros serviços. Dirigindo-se à rede de agentes, deu a conhecer os projectos do seu departamento para o presente ano, anunciando-lhes o plano de incentivos para os motivar.
foto
Vítor Oliveira, responsável pelo departamento de comunicações móveis na Hicon, dirigiu a todos os presentes o desafio do profissionalismo, a necessidade constante da comunicação interna e a formação entre as entidades, defendendo que só evolui quem tem o desejo e o entusiasmo pela aprendizagem.
Para fecho, o Director Geral da Hicon, José Mendes, começou por agradecer a presença de todos, dando de seguida visibilidade aos projectos Hicon na sua amplitude geral, salientou o envolvimento no turismo e nas energias alternativas, para além das comunicações, da informática, da multimédia, da moda, da formação, e das redes e infra-estruturas estruturadas.
foto
Aproveitando a presença de responsáveis por escolas técnico-profissionais e centros de formação, evidenciou a necessidade destes estabelecerem parcerias com o tecido empresarial, não só nos estágios profissionais, mas no estudo de necessidades, formalizando candidaturas que preencham as lacunas das empresas, tanto a nível de profissionais, como a nível de formação dos activos, ou mesmo de investimentos, juntando assim sinergias e dando outra motorização ao desenvolvimento empresarial nacional, fazendo cair a taxa de desemprego. Por outro lado, deixaria de se verificar o desajuste existente entre a necessidade e a oferta, por parte das empresas de profissionais qualificados. Abrir-se-ia, também, espaço para um maior investimento em tecnologias e inovação. Dirigindo-se aos empresários, evidenciou a falta de associativismo nos profissionais de sectores similares, não conseguindo políticas comuns na abordagem de mercados, melhorando as performances e resultados.
Referindo-se à própria estrutura, enalteceu o plano desenvolvido pelo director do mercado de consumo, Madalena Vaz, que desde o ano de 2000 procurou explorar novos mercados, conseguindo implantar-se nas comunidades Portuguesas na Europa, assim como em alguns países de expressão de Língua Portuguesa, contando já com alguns milhares de clientes fora de Portugal, concluindo que na Hicon, orgulhamo-nos de ter uma posição de relevância no mercado, sabemos que para a manter e reforçar, temos que inovar e surpreender todos os dias, por isso actuamos com a mesma competência e profissionalismo no mercado empresarial como no pessoal, apresentando sempre soluções integradas., adaptadas a cada caso e, claro eficazes. Assim vamos conquistando a confiança dos nossos clientes.
A realização em Cabeceiras de Basto desta convenção só foi possível, por já reunir algumas infraestruturas básicas que permitiram a deslocação rápida dos intervenientes, sendo a recente abertura da A7 um dos elos para um futuro desenvolvimento do tecido empresarial da região.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.