Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-07-2006

SECÇÃO: Região

Museu das Terras de Basto apresenta
Um olhar sobre a medicina tradicional

Antiga Estação da CP transformada no Museu das Terras de Basto
Antiga Estação da CP transformada no Museu das Terras de Basto
O Museu das Terras de Basto, no Arco de Baúlhe, tem patente ao público desde o dia 30 de Julho, uma exposição subordinada ao tema “Um olhar sobre a medicina tradicional”. Trata-se de uma iniciativa que pretende divulgar as tradicionais “mezinhas” que outrora substituíam os medicamentos de agora e atenuavam as “maleitas” das gentes desta terras. Alecrim, arruda, salva, erva-de-são-roberto e cidreira eram apenas algumas das plantas que integravam a boticária local e constavam do conhecimento geral da população.
Nesta viagem à medicina tradicional, os mais antigos terão certamente a oportunidade de recordar velhos tempos enquanto que os mais novos ficarão a conhecer quais as plantas utilizadas no fabrico de remédios destinadas a atenuar ou a curar as mais diversas doenças.
Viagem pelos aromas medicinais de outrora
Viagem pelos aromas medicinais de outrora
A reprodução de uma farmácia antiga, a apresentação de ervas utilizadas, o consultório médico e ainda a exibição do ambiente doméstico e os utensílios utilizados no tratamento de doentes, transportam o visitante para a realidade de outrora.
Assim, neste espaço cultural concelhio, onde existe também uma exposição permanente subordinada ao tema “Vamos à aldeia”, os visitantes são transportados para uma viagem no tempo, onde os usos e costumes de outrora reflectem o modo de viver de um povo.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.