Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-07-2006

SECÇÃO: Região

AUTARQUIA ESTABELECE PARCERIA COM A AIMINHO

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto procedeu no dia 11 de Julho, no Auditório Municipal, à assinatura de um protocolo de colaboração com a AIMinho – Associação Industrial do Minho.
Trata-se de uma iniciativa que tem em vista a criação e a manutenção de uma relação próxima e efectiva entre as duas entidades e, por conseguinte, com os empresários do concelho destinada à promoção conjunta do desenvolvimento industrial de Cabeceiras de Basto, através da execução de projectos e actividades, do reforço das ligações e contactos, assim como, do intercâmbio de experiências e informações empresariais.

O projecto Valor Humano , da iniciativa da AIMINHO foi apresentado no Auditório Municipal a empresários e autarcas
O projecto Valor Humano , da iniciativa da AIMINHO foi apresentado no Auditório Municipal a empresários e autarcas
Na ocasião, o edil Cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, realçou a importância desta iniciativa, que considera ser mais um passo rumo ao desenvolvimento. Isto porque, segundo referiu, Cabeceiras de Basto é um concelho onde as principais infra-estruturas se encontram realizadas, pelo que se abre um novo ciclo, que na sua óptica assenta também na qualificação e valorização das pessoas. Aqui, a AIMinho tem um papel importante uma vez que é uma entidade que se apresenta hoje como uma das principais associações empresariais do país com forte afirmação no movimento associativo, com traços já definidos no que se prende com a promoção do sector industrial da região do Minho e no apoio aos empresários. A AIMinho, é por isso, um parceiro capaz de proporcionar uma gama completa de serviços, apoios e informações essenciais a uma actividade empresarial moderna e dinâmica, cada vez mais implementada, também no concelho de Cabeceiras de Basto assumindo assim, um papel preponderante no progresso económico, cultural, social desta terra.




Os Presidentes da AIMINHO e Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto no momento da assinatura do protocolo de colaboração
Os Presidentes da AIMINHO e Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto no momento da assinatura do protocolo de colaboração
Neste âmbito, o Presidente da Câmara disse ainda que o protocolo assinado representa uma mais valia para o concelho e para os empresários, desde que saibamos usar os meios que se colocam ao nosso dispor, como as boas vias de comunicação, as novas tecnologias, entre outras, favoráveis a quem se quer desenvolver.
De acordo com o protocolo de colaboração assinado, perante autarcas e empresários, a Câmara Municipal de Cabeceiras compromete-se, entre outras, a promover iniciativas consideradas de interesse comum entre as entidades, a fornecer à AIMinho informação sobre a actividade empresarial do concelho, a divulgar serviços e produtos juntos dos empresários, a colaborar na promoção de encontros com empresários, a criar um espaço físico onde lhes possa ser dado apoio. Por sua vez, a AIMinho compromete-se a divulgar publicações e informações referentes a programas de apoio, investimento, legislação comunitária, produtos, serviços, bem como a criar uma linha aberta em Cabeceiras, assim como, promover, facultar e divulgar acções de formação/informação para empresários, quadros superiores e activos das empresas, organizar eventos de interesse, colaborar no desenvolvimento de investimentos no ramo industrial, entre outros. Enfim, uma parceria, uma colaboração que se espera profícua e capaz de criar uma nova atitude, face ao desenvolvimento e ao progresso que se pretende para este concelho.
Por sua vez, o Presidente da AIMinho, Dr. António Marques, disse estar disponível para colaborar com a Câmara e com os empresários do concelho, realçando que este foi o primeiro protocolo [de outros previstos] a ser assinado com as autarquias, parceiros que considera privilegiados. Na sua intervenção, agradeceu o empenho da Autarquia Cabeceirense na cooperação estabelecida, que vai de encontro a quem cria riqueza, ou seja, os empresários. Segundo o dirigente, é preciso reunir sinergias no sentido de criar uma verdadeira associação de interesses capaz de gerar progresso e desenvolvimento pois há “mais qualidade de vida com empresas saudáveis”.





Durante a sessão, a AIMinho procedeu igualmente, à apresentação pública do Projecto Valor Humano - sistema de qualificação avançada de recursos humanos. Trata-se de uma iniciativa pioneira na região e no país, que tem em vista [no âmbito do PRIME] apoiar os empresários na valorização e qualificação dos recursos humanos da empresa. É por isso, um instrumento que permite uma intervenção em toda a estrutura de recursos humanos da empresa, capaz de provocar uma mudança de procedimentos e aumentar a competitividade das mesmas.
Destina-se a todos os empresários da região, que integrem ramos como o têxtil e vestuário, a metalúrgica/metalomecânica, a energia/ambiente, as tecnologias da informação e comunicação e ainda a biotecnologia, saúde e bem-estar, sectores seleccionados quer pelo peso que representam na economia regional, quer pela área emergente em que se inserem.
Este projecto incide essencialmente na formação profissional a prestar a toda a cadeia de recursos humanos em vários domínios, tais como, ambiente, eco-eficiência, energia, inovação, internacionalização, ordenamento do território empresarial e as tecnologias da informação.
A adesão ao projecto, através de candidaturas, exige uma nova atitude por parte dos empresários e a consciência da importância da formação como estratégia de desenvolvimento empresarial, a promoção de uma cultura de recursos humanos em toda a estrutura hierárquica da empresa, o fomento de uma política de motivação que vise a melhoria de práticas organizativas da gestão, num espírito crítico e ambicioso baseado na inovação e no poder da mudança.
As candidaturas podem ser apresentadas até ao dia 30 de Setembro, na sede da AIMinho, em Braga.
A AIMinho, além deste projecto dispõe ainda de outros programas direccionados para apoiar e orientar os empresários, bastando para o efeito estabelecer um contacto com a associação.

www.valorhumano.aiminho.pt
valorhumano@aiminho.pt
AIMinho – Associação Industrial do Minho
Av. Dr. Francisco Pires Gonçalves, 45
Apartado 99
4711-154 Braga
Telefone: 253 20 25 20

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.