Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-06-2006

SECÇÃO: Região

Anjo Meu

foto
De tudo o que ouvi falar
De tudo o que vi na vida
Só de ti me lembro, meu anjo,
Só por ti me sinto protegida.

De todas as riquezas que encontrei,
De todos os males que me surgiram,
Só tu anjo de mim me protegeste,
Só tu, em teu seio me deste guarida…

Agora sem ti me vejo,
Perdida no meu mundo de menina,
Fui livre, fui solta, fui criança,
Fui pássaro íngreme, andorinha!


Penso noite e dia sem sossego,
Vejo-me perdida numa floresta de ilusões,
Agora, ao passado para sempre entrego,
Minha infância, repleta de emoções!

Por: Mariana Coelho

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.