Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-06-2006

SECÇÃO: Região

Festa da Cultura, Educação, Formação e Emprego

Os formandos recebem diplomas de certificação
Os formandos recebem diplomas de certificação
Com a entrega de diplomas de certificação aos formandos que nos últimos meses frequentaram os cursos promovidos pelo Ensino Recorrente e Extra-Escolar de Cabeceiras de Basto, assim como os Cursos de Educação e Formação de Adultos, encerrou ontem a Festa da Cultura, da Educação, Formação e Emprego, que decorreu em Cabeceiras de Basto de 23 a 25 de Junho. Nesta cerimónia de entrega dos certificados aos cerca de quatrocentos formandos, com idades compreendidas entre os 15 e os 70 anos, que frequentaram nos últimos meses, vários cursos ministrados nas diversas freguesias, receberam formação em áreas tão distintas como a culinária, a música, os bordados, as artes decorativas, a tecelagem da lã, entre outras. Na ocasião Joaquim Barreto, Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, enalteceu o trabalho que tem sido desenvolvido por esta estrutura educativa em parceria com as autarquias locais e agradeceu o envolvimento de todos os parceiros que ao apoiaram estas acções estão a contribuir para recuperar e reviver tradições. Estão igualmente, a promover o convívio e o intercâmbio social, ocupando de forma salutar os tempos livres e contribuindo para a dinamização da economia do concelho. No entanto, não pode deixar de referir, pela negativa, as medidas recentemente adoptadas no âmbito do Ensino Recorrente e Extra-Escolar que põe em causa todo um importante trabalho que vem sendo desenvolvido nos últimos anos, nesta área, no concelho de Cabeceiras de Basto.

Animação e serviços atraíram numeroso público
Tocar cavaquinho foi uma área explorada num dos cursos do Ensino Recorrente
Tocar cavaquinho foi uma área explorada num dos cursos do Ensino Recorrente

A Festa da Cultura, Educação, Formação e Emprego, que foi uma vez mais organizada pela Câmara Municipal e pela empresa Emunibasto, com o apoio do Ensino Recorrente e Extra-Escolar concelhio e dos Agrupamentos de Escolas, respectivamente Arco de Baúlhe, Cavez e Refojos, integrou também uma mostra pedagógica com 61 stands onde estiveram patentes diversos trabalhos habilmente elaborados, assim como uma colectânea de pinturas apresentadas por onze artistas, na sua maioria cabeceirenses, uma feira do livro onde se fizeram representar várias editoras, e ainda, uma feira das profissões que contou com a presença da Escola Tecnológica do Alto Ave, do Instituto de Estudos Superiores de Fafe, da Univa _ Unidade de Inserção na Vida Activa, dos agrupamentos de escolas do concelho, da Escola Tecnológica de Lameiros (com os cursos de mesa e bar, jardinagem, cozinha, arquivo e documentação, técnicas comerciais, Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências e PIEF) e da Fundação A J. Gomes da Cunha. Assim, durante três dias, o Mercado Municipal desta vila serviu de cenário para a realização de actividades diversas, que passaram, pelas conferências [“Empreendedorismo – Inovação em Movimento”, promovida pela ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários e “Mulheres Portuguesas nos caminhos para a cidadania”, organizada pelo projecto Caminhos para a Igualdade, da APIHM – Associação Portuguesa para a Investigação Histórica sobre as Mulheres], a apresentação do livro “A Acção dos Pereiras nos Descobrimentos no Século XVI” de autoria da Cabeceirense Drª Estela Vilela Passos, um desfile de moda, várias sessões de contos direccionados para as crianças e jovens dos diferentes agrupamentos de escolas do concelho, um desfile de marchas populares que envolveu vários espaços de convívio e lazer, uma sardinhada e ainda a animação musical promovida pela artista Maria Lisboa.
Os Presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal em diálogo com os formadores
Os Presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal em diálogo com os formadores
O Grupo de Cantares Populares D. Nuno Álvares Pereira de Pedraça, o Grupo de Canta e Dança de Oeiras e também, a demonstração de bailado pela Escola de Bailado de Fafe, a actuação do grupo de hip-hop URBDANCE e o teatro de Revista “Vidas à Moda do Porto”, fizeram igualmente parte deste certame que se revelou uma vez mais numa iniciativa repleta de animação e de grande adesão popular.









Jovens em contacto com um dos "stands" da Feira do Livro
Jovens em contacto com um dos "stands" da Feira do Livro













Os cuidados primários de saúde em evidência no certam
Os cuidados primários de saúde em evidência no certam


A juventude acorreu em grande número à Festa da Cultura, Educação, Formação e Emprego
A juventude acorreu em grande número à Festa da Cultura, Educação, Formação e Emprego




Demonstração ao vivo de trabalhos com fios de lã
Demonstração ao vivo de trabalhos com fios de lã


© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.