Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-04-2006

SECÇÃO: Região

Ministro da Saúde visitou Cabeceiras e homologou acordo entre a Câmara Municipal e a ARS Norte

O Ministro da Saúde, Dr. Correia de Campos deslocou-se a Cabeceiras de Basto para visitar as instalações do edifício do Centro de Saúde e conhecer o local onde vai ser edificada a Unidade de Internamento, cuja construção foi protocolada no dia 18 de Abril, através de acordo estabelecido entre a Câmara Municipal e a ARSNorte (Administração Regional de Saúde do Norte), numa breve cerimónia que reuniu autarcas, profissionais de saúde, demais convidados e população em geral que se associaram ao evento.

Câmara Municipal e ARS Norte firmam acordo de colaboração
Câmara Municipal e ARS Norte firmam acordo de colaboração
Após uma visita às instalações, China Pereira, Director do Centro de Saúde e também Presidente da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, disse estarem, agora, reunidas as condições para mais e melhor saúde no concelho. Na sua intervenção referiu também que tem sido significativo o investimento feito nesta área, quer através da construção das Extensões de Saúde de Cavez e do Arco de Baúlhe, quer com a construção do edifício do actual Centro de Saúde, que vai ter uma Unidade de Internamento que garante um serviço de urgências e de internamento por conta do estado, com assistência médica a funcionar durante 24 horas por dia e que integra um programa de 15 camas com uma adicional para cuidados terminais, agradecendo por isso, em nome da população do concelho e do Centro de Saúde, esta decisão ministerial.

O Município de Cabeceiras reconheceu o empenho do actual Ministro da Saúde e distingui-o com o galardão honorário do Concelho
O Município de Cabeceiras reconheceu o empenho do actual Ministro da Saúde e distingui-o com o galardão honorário do Concelho



Por sua vez, Joaquim Barreto na sua intervenção disse tratar-se de um dia importante para Cabeceiras de Basto. O autarca referiu que o acto realizado, representa um acto de palavra, pois até à data o Estado não havia cumprido com os compromissos assumidos em 2000, altura em que o processo foi encetado e através do qual tinham sido definidas as responsabilidades conjuntas destas duas entidades [Câmara e ARSNorte] dando origem a um período de indecisões e recuos de índole política prejudiciais para os Cabeceirenses. Joaquim Barreto disse tratar-se também de um acto de justiça, pois apesar da interioridade, os habitantes deste concelho têm direito a ter qualidade de vida e consequentemente, melhores condições de saúde. Com esta decisão, está garantida mais comodidade nos serviços prestados aos doentes e melhores condições de trabalho para os profissionais de saúde.
Na ocasião Joaquim Barreto mostrou-se satisfeito com o culminar de um processo que não foi fácil de resolver e que envolveu autarcas e população em geral numa “luta” concelhia por melhores condições de saúde, reconhecendo igualmente a disponbilidade manifestada pela ARS Norte em chegar a um entendimento com a Santa Casa da Misericóridia de Cabeceiras de Basto e criar uma Unidade de Cuidados Continuados no concelho. O autarca disse por fim, que o povo de Cabeceiras é um povo grato que sabe reconhecer quem lhe faz bem e por isso, em reunião de câmara datada de 13 de Abril, o executivo decidiu atribuir ao Ministro da Saúde, Dr. Correia de Campos, a medalha de ouro do concelho, distinguindo-o como Cidadão Honorário do Município. Por fim, o Presidente da Câmara garantiu que uma vez responsável pela obra, tudo fará para que o seu início tenha lugar ainda em 2006 e o seu terminus em 2007.
O Ministro da Saúde visitou o Centro de Saúde onde será construída a Unidade de Internamento de Cabeceiras de Basto
O Ministro da Saúde visitou o Centro de Saúde onde será construída a Unidade de Internamento de Cabeceiras de Basto

Obra de grande importância para a região

Na sua intervenção, o Ministro da Saúde, que considerou esta obra de grande importância para o concelho e para a região, salientou o facto de este ter sido um processo difícil, cuja resolução se ficou a dever, em muito, à determinação e empenho do autarca Joaquim Barreto. Referiu no entanto, que a acção do seu ministério incide em dois objectivos que considera essenciais, o de melhorar a rede de cuidados primários de saúde, bem como a rede de cuidados continuados a doentes dependentes e para tal é necessário haver a colaboração de várias entidades, nomeadamente instituições de solidariedade social, autarquias e outros agentes cujo objecto vá de encontro à concretização das metas propostas em prol de melhor saúde para todos.
Aquele Governante disse ainda que se sente muito honrado com a distinção atribuida pelo Município de Cabeceiras de Basto.



Correia de Campos foi recebido com entusiasmo pela população local
Correia de Campos foi recebido com entusiasmo pela população local



Na visita a Cabeceiras de Basto, o Ministro da Saúde, Dr. Correia de Campos, visitou ainda o Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão, viatura que a Autarquia apetrechou e através da qual disponibiliza vários serviços aos cabeceirenses, sobretudo aos mais idosos, residentes em várias localidades, nomeadamente, nas mais distantes da sede da vila, onde os serviços públicos eram dificultados pelos factores próprios das características do interior rural.
Recorde-se que o Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão iniciou a sua actividade em Julho de 2003, tendo sido definidos vários circuitos, durante os quais são prestados apoios relacionados com os serviços da autarquia, administração pública e instituições locais ou não e para o qual é disponibilizado apoio informativo, social e administrativo que tem ainda como função sinalizar situações anómalas que estejam relacionadas com caminhos públicos ou com outras situações de risco que se encontrem a descoberto, como sejam idosos, crianças, entre outras.
O Ministro da Saúde, Dr. Correia de Campos inteirou-se do trabalho prestado no Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão
O Ministro da Saúde, Dr. Correia de Campos inteirou-se do trabalho prestado no Posto Móvel de Atendimento ao Cidadão
O Posto Móvel disponibiliza ainda um serviço de enfermagem ao idoso, que é assegurado por duas enfermeiras contratadas que fazem o controle da tensão arterial, diabetes, colesterol, peso, aplicação de injecções e sensibilização /informação aos vários utentes face aos seus problemas de saúde.
Esta viatura serve, por isso, uma média semanal de 168 utentes nos vários circuitos que percorre, registando contudo, uma procura superior no que se prende com o apoio ao idoso, onde se manifestam maiores necessidades e cuidados ao nível da saúde.
Abadim, Bucos, Cabeceiras-S. Nicolau, Cavez, Vilar de Cunhas, Painzela, Refojos, Passos, Alvite, Pedraça, Vila Nune, Basto, Riodouro e Gondiães, são algumas das freguesias abrangidas por este serviço Móvel, cuja implementação representa um investimento por parte da Autarquia, superior a 78.548,00 Euros.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.