Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-04-2006

SECÇÃO: Região

Cavaleira do Destino

foto
Quem pode comandar o destino?
Quem pode governar a batalha da vida?
Apenas quem não segue o amor…
Apenas alguém, que de alegria é mal servida!

Nas noites mais belas,
Na mais profunda certeza,
Eu, cavaleira do destino iço as velas,
Desse barco que me leva para além da correnteza.
Tudo quanto penso,
Tudo quanto sou,
A mim, cavaleira do destino o devo.

Para além do infinito,
Para além da correnteza,
Eu levo o meu barco, comandando a
Alegria e a tristeza.

Por: Mariana Coelho

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.