Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 28-02-2006

SECÇÃO: Região

Autarquia divulgou Modcom junto dos comerciantes locais

O Director Geral da DG Empresa, Dr. Helder Oliveira deslocou-se a Cabeceiras de Basto, no dia 18 de Fevereiro, tendo em vista divulgar e esclarecer os comerciantes locais sobre o programa Modcom – Sistemas de Incentivos a Projectos de Modernização do Comércio.
Uma sessão promovida pela Câmara de Cabeceiras de Basto que reuniu no Salão Multiusos do Mercado Municipal desta vila, cerca de uma centena de comerciantes, que ali se deslocaram para conhecer melhor este programa lançado pelo Ministério da Economia e da Inovação. Criado e direccionado para o sector do comércio, este “pacote financeiro” destina-se a revitalizar e modernizar o comércio quer em meios rurais, quer em meios urbanos.

A Sub-directora geral, Drª Ana Vieira apresentou as acções previstas no Modcom
A Sub-directora geral, Drª Ana Vieira apresentou as acções previstas no Modcom
Na ocasião, o presidente da edilidade, Engº. Joaquim Barreto, que agradeceu a presença dos responsáveis pela DG Empresa, disse tratar-se de uma oportunidade para os comerciantes de Cabeceiras de Basto conhecerem e perceberem o conteúdo do programa, nomeadamente, as condições de acesso, as despesas abrangidas e os incentivos previstos, obtendo, desta forma, uma informação útil e necessária para a apresentação de candidaturas. A autarquia cabeceirense espera assim que, através deste programa, o comércio tradicional obtenha o apoio necessário para a criação das condições propícias ao desenvolvimento do mesmo, por forma a ultrapassar as adversidades geradas pela proliferação das grandes superfícies comerciais. Informou ainda que a Câmara Municipal vai disponibilizar apoios necessários a todos os interessados, através do Gabinete de Inovação e Desenvolvimento, que se encontra a funcionar na Escola Tecnológica de Lameiros, em Refojos, de Segunda a Sexta-feira, das 9h00m às 12h30m e das 14h00m às 17h30m.
O Director Geral, Dr. Helder Oliveira, referiu tratar-se de um apoio global de 20 milhões de euros, que este organismo gostaria de ver aplicado na modernização do comércio, que no seu entender deve acompanhar a evolução dos tempos, através da inovação, da introdução das novas tecnologias e do conhecimento, bem como da criação de especificidades que permitam o seu desenvolvimento e respectivo sucesso.
Na sua intervenção referiu ainda, que não há um número limite de projectos a apoiar em cada um dos concelhos, mas sim 45 dias para que os interessados possam apresentar as suas candidaturas a esta primeira fase do programa, que se pretende célere na avaliação e na resposta aos projectos apresentados.





Também presente nesta reunião, a Sub-Directora da DG Empresa, Dr. Ana Vieira, explicou a natureza das acções previstas assim como a sua tipologia. Neste âmbito existem três acções, a A que abrange projectos empresariais autónomos de pequena dimensão e que visem aumentar a competitividade empresarial e demonstrem satisfazer adequadamente os objectivos definidos; a B destinada a projectos empresariais integrados, que através de actuações articuladas tendo em vista objectivos comuns geradores de dimensão critica adequada, promovendo a dinamização e a modernização empresarial, e ainda, a C, que abrange projectos de promoção comercial dos centros urbanos, através de acções de animação, dinamização e divulgação.
Referiu também, que podem aceder ao Modcom promotores individuais e estruturas associativas, beneficiando dos incentivos propostos pelo Governo em prol da revitalização e modernização do comércio em Portugal.
Durante a sessão, o responsável distrital pelo IAPMEI, disponibilizou-se de igual forma a colaborar com os comerciantes do concelho, interessados em aderir ao Modcom, assim como a prestar informações várias nos diferentes sectores de actividade comercial.
Segundo informação divulgada, esta sessão de esclarecimento foi profícua, dada a adesão e participação registada, no sentido de esclarecer os comerciantes e desta forma incentivar a modernização, a promoção e a valorização do comércio tradicional.
As candidaturas decorrem até ao dia 14 de Março do corrente ano.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.