Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-01-2006

SECÇÃO: Opinião

O Estímulo (1)

foto
Numa altura em que se fala em Inovação, Empreendedorismo e Plano Tecnológico, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto decidiu criar o Gabinete de Inovação e Desenvolvimento. Este tem como principal missão apoiar o Município na promoção do desenvolvimento sustentável do Concelho, com base na inovação e no conhecimento.
Com a criação deste Gabinete, pretende-se regenerar o tecido empresarial concelhio.
O desenvolvimento sustentável do Concelho passa pela promoção do Empreendedorismo, ou seja, pela disponibilização de apoio técnico necessário a novos e potenciais investidores e pela incubação de empresas. Por incubação de empresas, entende-se o apoio ao arranque de novas empresas, essencialmente de base tecnológica, através do fornecimento de espaço devidamente apetrechado para o seu desenvolvimento, assim como, através da disponibilização de apoio ao nível administrativo. O principal objectivo de uma incubadora é auxiliar os novos projectos no seu processo inicial, permitindo obter uma taxa de sucesso maior a estas novas empresas.
No fundo, pretende-se desenvolver uma cultura empreendedora, principalmente junto dos mais jovens, estimulando-se a criação de empresas de base tecnológica.
Para além da promoção desta cultura, o Gabinete de Inovação e Desenvolvimento tem outros vectores de actuação, dos quais se destaca a disponibilização de informação especializada, tanto nacional como estrangeira. Assim sendo, o Gabinete funciona como uma fonte de informação privilegiada para todos os cabeceirenses e para aqueles que estejam interessados em investir no Concelho. Trata-se de informação acerca dos programas nacionais e comunitários de apoio às actividades económicas e à iniciativa empresarial.
Neste âmbito, começo por fazer uma breve apresentação do ModCom – Sistema de Incentivos à Modernização do Comércio – apresentado publicamente em Braga, no passado dia 7 do corrente mês, pelo Ministro da Economia e da Inovação – Manuel Pinho.
O ModCom visa a modernização e a revitalização da actividade comercial, bem como a promoção de acções dirigidas ao comércio. Os destinatários deste apoio são micro e pequenas empresas do sector do comércio, assim como estruturas associativas do mesmo ramo.
Este sistema de incentivos destina-se a projectos empresariais autónomos e integrados de modernização comercial e, ainda, a projectos de promoção comercial. Os primeiros destinam-se a aumentar a produtividade e a dinamização do comércio; os segundos, têm como objectivo promover acções de animação, dinamização e divulgação comerciais.
O Gabinete de Inovação e Desenvolvimento dará toda a informação necessária para as candidaturas ao programa acima referido e dará apoio na realização das mesmas, a todos os que se mostrarem interessados.
Futuramente serão facultadas, nesta coluna, mais informações sobre outros apoios existentes, os respectivos beneficiários e de que forma se podem candidatar.

Por: Márcia Barros

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.