Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-12-2005

SECÇÃO: Região

Festa de Natal reúne idosos do concelho

A organização ofereceu no final da festa um lanche a todos os presentes
A organização ofereceu no final da festa um lanche a todos os presentes
Mais de meio milhar de idosos provenientes das dezassete freguesias do concelho, deslocaram-se no dia 19 de Dezembro, ao Salão Mutiusos do Mercado Municipal de Cabeceiras de Basto para participar em mais uma tarde de convívio e de confraternização próprias da quadra Natalícia que atravessamos.
A Festa de Natal dos Idosos é uma iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, em colaboração com a empresa EMUNIBASTO, que, com o apoio das Juntas de Freguesia, procura anualmente proporcionar aos menos jovens momentos de alegria, tendo subjacente o facto deste concelho ser uma terra com índice de envelhecimento significativo originado em parte, pela sua localização geográfica. A realização deste evento, procurou uma vez mais, combater a monotonia, a solidão e o isolamento a que muitos dos idosos estão votados, bem como proporcionar uma tarde de animação a todos os participantes.
O evento iniciou-se pelas 14h30m e contou com a presença dos artistas Manuel Morais e Lurdes de Sousa que encantaram o público com músicas populares bem do agrado do numeroso público presente. Não faltaram também, as anedotas magnificamente contadas pela D. Bernardina, da Faia, um pezinho de dança e os tocadores de concertina e cantares ao desafio que uma vez mais animaram a festa. Festa esta, que contou também, com a presença do Presidente da Câmara Municipal, Engº Joaquim Barreto, do Vice-Presidente, Dr. Jorge Machado e do Vereador, Dr. António Pinto, bem como demais autarcas que ali se deslocaram para se associar a mais um acto festivo.
Era visível a satisfação no rosto de centenas de idosos
Era visível a satisfação no rosto de centenas de idosos

“O concelho precisa de todos”

Na ocasião o Presidente da Edilidade, Engº Joaquim Barreto, agradeceu a presença de todos e realçou o gosto e o carinho com que estas iniciativas são realizadas, pois trata-se de um público, por vezes fragilizado, que trabalhou durante uma vida inteira e nem sempre é reconhecido e lembrado. O autarca disse ainda que esta não é uma iniciativa isolada, mas sim o resultado da política social desenvolvida no município que visa a inclusão e não a exclusão de todos os estratos da população, mesmo dos menos jovens e que se apresentam com mais fragilidades. Referiu ainda que Cabeceiras de Basto atravessa um processo de desenvolvimento para o qual, Joaquim Barreto, conta com todos, para fazer desta terra um local onde dê gosto viver e onde as pessoas se sintam bem.
A animação proporcionada foi do agrado do numeroso público presente
A animação proporcionada foi do agrado do numeroso público presente
Findo o programa festivo, seguiu-se um lanche convívio oferecido pela Autarquia a todos os idosos presentes, recheado com as delícias típicas desta época, tais como, as rabanadas, o pão de ló e a aletria.
No final foram distribuídas lembranças por todos os presentes com votos de Boas Festas.
Recorde-se que esta acção vai ao encontro de um conjunto de medidas desenvolvidas pela Autarquia Cabeceirense, que procura proporcionar momentos de sociabilidade e de ocupação dos tempos livres à população do concelho, através do convívio e do reencontro de “velhos” amigos. Assim, só graças ao emprenho de todas as freguesias e à colaboração dos seus responsáveis directos é possivel atenuar a situação, desenvolvendo iniciativas e contribuindo para o bem-estar social.
Segundo informação divulgada, é nesta união de esforços que se procura diminuir o isolamento dos idosos, levando-os a participar em iniciaivas de cariz sócio-cultural que, desta feita, contribuir para que o desenvolvimento em Cabeceiras de Basto seja pautado por um sentido humanista e solidário, onde a prioridade é o bem estar de quem nele vive e, sobretudo, a felicidade daqueles para quem ser velho é apenas “ter mais idade”.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.