Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-11-2005

SECÇÃO: Região

Autarquia apoia jovens estudantes

No fecho da edição deste jornal, o Ecos de Basto soube que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, no dia 2 de Dezembro a cerimónia de atribuição de bolsas de estudo a jovens estudantes com menos recursos e com bom aproveitamento escolar. Na ocasião o Presidente da Câmara Municipal, Engº Joaquim Barreto, os Vereadores, Dr. Jorge Machado, Margarida Coutinho, António Pinto e Fernando Basto, a que se associaram alguns presidentes de Junta de Freguesia, reconheceram de forma singela o trabalho dos estudantes que se candidatarm a este benefício da autarquia, que nada mais é que um pequeno contributo para ajudar a prosseguir os estudos e a valorizar os recursos humanos deste concelho. As bolsas de estudo aos quinze alunos com menores recursos financeiros e que obtiveram bom aproveitamento escolar, reportam-se ao ano lectivo 2004/2005.

Um incentivo à valorização académica

Trata-se de uma medida implementada pelo actual executivo em 1996 como forma de incentivar a continuação dos estudos aos alunos de famílias de menores recursos económicos, contribuindo, assim, para atenuar as desigualdades sociais e económicas entre as populações do concelho e consequentemente, para melhorar as condições de vida da população residente.

Autarquia atribui bolsas de estudo e aposta na qualificação dos jovens
Autarquia atribui bolsas de estudo e aposta na qualificação dos jovens
Segundo informação divulgada, os apoios agora concedidos, avaliados em 8.670.30 Euros, enquadram-se no Regulamento da Concessão de Apoios a Estratos Sociais Desfavorecidos do Município de Cabeceiras de Basto (que além das bolsas de estudo inclui também apoios aos agregados familiares carenciados e a residir em condições habitacionais comprovadamente desfavoráveis) em vigor, que prevê a atribuição das bolsas no final do ano lectivo e através do qual, sublinhe-se, a Câmara Municipal procura ser mais justa no reconhecimento do esforço efectuado pelos jovens estudantes.
Recorde-se que desde a sua implementação, o executivo já atribuiu 77 bolsas de estudo, perfazendo um total de 39.406,30 Euros. Esta medida, tem contribuido, ao longo dos últimos anos, para a valorização e a formação de diversos jovens que com esforço, tenacidade e dedicação concluiram o ensino superior, assim como, para incentivar os jovens cabeceirenses a prosseguir a sua valorização académica.
Uma aposta na valorização dos recursos humanos deste concelho que a Autarquia pretende manter, por considerar que “apoiar os nossos jovens que são os homens de amanhã” significa “preparar o futuro do nosso concelho”, contribuindo para uma sociedade mais valorizada e capaz.
No final desta singela cerimónia, teve lugar um lanche convívio oferecido a todos os presentes [bolseiros, familiares e autarcas] fomentando, também, o convívio e a confraternização entre estes cabeceirenses, unidos pela vontade de aprender e pelo manifesto interesse da Câmara Municipal em incentivar e apoiar os recursos humanos existentes no concelho em prol do desenvolvimento de Cabeceiras de Basto.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.