Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-11-2005

SECÇÃO: Região

Governo analisa preço da água

As tarifas médias praticadas pelas autarquias no abastecimento de água e no saneamento estão abaixo do custo real. Esta foi uma afirmação proferida por Nunes Correia, Ministro do Ambiente, no Encontro Nacional de Entidades Gestoras de Água e Saneamento que se realizou no dia 2 de Novembro em Lisboa.

foto
Aquele membro do Governo adiantou ainda que esta é uma situação que terá que ser corrigida, uma vez que, numa média nacional, os valores cobrados são de 0,77 e de 0,29 euros por metro cúbico, quando o custo real a cobrar seria o de um euro. Desta forma, as Câmaras Municipais não cobram o suficiente para pagar a água que compram aos sistemas de fornecimento em alta.
Para solucionar esta questão está já a ser preparado, por uma comissão, um novo Plano Estratégico de Abastecimento de Água e Saneamento de Águas Residuais, que deverá entregar um relatório preliminar ao Ministério do Ambiente no começo de Dezembro e uma versão final antes da chegada de 2006.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.