Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-10-2005

SECÇÃO: Região

ESCOLA TECNOLÓGICA DE LAMEIROS ACOLHE PLANO INTEGRADO DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO

Uma cerimónia simples que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal, do Coordenador das Equipas Móveis Multidisciplinares do Norte, do Programa para a Prevenção e Eliminação da Exploração do Trabalho Infantil (PETI), um representante do Conselho de Administração da Emunibasto, a Directora da Escola Tecnológica de Lameiros, a Presidente do Conselho Executivo do Agrupamento de Escolas de Arco de Baúlhe, a Monitora do Projecto, elementos da Estrutura de Coordenação do PIEF, jovens e familiares, marcou a abertura oficial do ano lectivo 2005/2006 do PIEF – Plano Integrado de Educação e Formação.

foto
Trata-se de um programa que tem como objectivo promover a inserção social e educacional das crianças e jovens em situação de abandono escolar sem terem concluido o segundo ciclo, que se encontra a decorrer, na Escola Tecnológica de Lameiros, em Refojos.
Uma iniciativa, promovida pelo Programa para a Prevenção e Eliminação da Exploração do Trabalho Infantil, em parceria com a Direcção Regional da Educação do Norte, o Centro de Área Educativa de Braga, a Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos de Arco de Baúlhe, a EMUNIBASTO e a Câmara Municipal, que visa proporcionar aos cerca de 12 alunos inscritos, provenientes de várias freguesias e com idades compreedidas entre os 14 e os 17 anos de idade, a possibilidade de certificarem competências e adquirirem a titularidade do segundo ciclo.
Este Plano Integrado de Educação e Formação foi constituido para dar respostas às necessidades de crianças e jovens em situação de abandono escolar, que se encontravam a desenvolver desde trabalhos socialmente consentidos até situações de "exploração" de trabalho infantil. O PIEF, prevê assim, uma avaliação das necessidades destas faixas etárias da população, das suas características individuais e idiossincráticas, procurando integrar experiências acumuladas no espaço educativo e nos diferentes contextos em que as crianças e jovens participam ou participaram.
Assim, por representar um espaço fisíco diferente dos contextos normalmente frequentados durante o percurso escolar, a Escola Tecnológica de Lameiros apresenta-se como o cenário ideal para ministrar a formação que vai decorrer até Junho do próximo ano.
Na ocasião, o Engº. Joaquim Barreto, Presidente da Câmara Municipal realçou a importância deste tipo de acções de formação direccionadas para os jovens do concelho como forma de valorizar e qualificar os recursos humanos de Cabeceiras e apelou aos presentes para que aproveitem a oportunidade proporcionada em adquirir conhecimentos e certificar competências, tendo em vista uma futura e eficaz integração no mercado de trabalho.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.