Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 03-03-2014

SECÇÃO: Informação

Delegação de Sury-le-Comtal visita Cabeceiras de Basto

Autarcas do município acompanharam visita ao Núcleo de Arte Sacra
Autarcas do município acompanharam visita ao Núcleo de Arte Sacra
O Presidente da Câmara, Dr. China Pereira e o Presidente da Assembleia Municipal, Engº Joaquim Barreto, receberam no dia 1 de março, no edifício dos Paços do Concelho uma delegação provinda de Sury-le-Comtal, liderada pelo edil daquela localidade francesa, Roger Damas.
Tratou-se de uma visita que decorreu no âmbito do processo de geminação em curso entre os Municípios de Cabeceiras de Basto e Sury-le-Comtal, com o objetivo de estreitar laços de amizade entre estes dois povos, motivada pela forte presença de emigrantes naquela região de França e muito ansiada pela comunidade cabeceirense ali a residir e a trabalhar.
Comitiva francesa recebida no Salão Nobre pelo Presidente, China Pereira
Comitiva francesa recebida no Salão Nobre pelo Presidente, China Pereira
Um processo já aprovado pela Câmara e pela Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, que os autarcas pretendem consolidar no futuro, através da concretização de iniciativas em áreas como a cultural, social, económica, desportiva, entre outras, que as duas comunidades considerem revelantes para os povos, tendo em vista a sua aproximação e a divulgação das potencialidades mútuas aquém e além-fronteiras.
Após uma visita ao Mosteiro de S. Miguel de Refojos – Igreja e Núcleo Museológico de Arte Sacra – onde a comitiva teve oportunidade de conhecer e de se inteirar desta riqueza patrimonial concelhia, seguiu-se uma visita às instalações da Assembleia Municipal de Cabeceiras de Basto, nomeadamente à bela sala de sessões onde foi recebida pelo seu edil, Eng.º Joaquim Barreto, que explicou o funcionamento deste órgão deliberativo do Município.
A visita prosseguiu com a receção oficial no salão nobre da Câmara Municipal, momento em que o Presidente Dr. China Pereira, saudou a comitiva francesa, agradecendo a sua deslocação a esta terra de Basto e manifestou a sua vontade em prosseguir com a gemi-nação - encetada em 2013 sob a presidência do Eng.º Joaquim Barreto, na altura Presidente da Câmara Municipal - fazendo com que a mesma traga dividendos só-cio culturais e económicos para as duas comunidades.
Aprofundar laços de amizade e iniciar um processo de cooperação entre Cabeceiras de Basto e Sury-le-Comtal são os objetivos primeiros desta geminação. Após uma breve caracterização do concelho, da sua riqueza patrimonial e cultural, bem como das suas potencialidades, o autarca disse que uma das grandes apos-tas do Município é conseguir projetar esta terra no exterior, lembrando que a candidatura que se encontra em fase de elaboração do Mosteiro de S. Miguel de Refojos a Património Cultural da Humanidade, que será apre-sentada em agosto de 2014, servirá certamente de alavanca. A este propósito, Chi-na Pereira convidou o edil francês, Roger Damas, a integrar em nome do Município de Sury-le-Comtal a Comissão de Honra desta candidatura. Um convite prontamente aceite pelo autarca que o considerou muito honroso.
Após uma troca de lembranças entre os dois Municípios, o edil francês, agradeceu a forma calorosa como foram em Cabeceiras de Basto, o que é bem demonstrativo da vontade de cooperar e solidificar esta aproximação luso-francesa. Para o autarca este dia marcou a vontade de concretizar a geminação entre as duas comunidades, cuja pretensão surgiu da vontade das pessoas e organizações que entusiasticamente desenvolveram o processo, que assenta no respeito mútuo e na amizade entre os povos. Acrescentou que este projeto permitirá estudar a história, as línguas e as respetivas culturas e expandir a vontade de consolidar uma amizade duradoura, objetivos que serão certamente cumpridos.
A findar, o autarca salientou uma vez mais a forma acolhedora com que a sua delegação – Georges Michel, Tina Vieira e Ana Senra - foi recebida, que será certa-mente recíproca aquando da visita a Sury-le-Comtal.
O programa prosseguiu com a visita à Casa do Tempo, verdadeiro centro interpretativo do território cabeceirense, ao Centro de Educação Ambiental de Vinha de Mouros, ao Centro Hípico, entre outros equipamentos municipais, terminando a jornada no recinto da Festa da Orelheira e do Fumeiro, onde a comitiva teve a oportunidade de degustar a gastronomia local e característica desta época festiva que atravessamos.
De visita a Cabeceiras de Basto, a delegação francesa visitou ainda o Museu das Terras de Basto, no Arco de Baúlhe e associou-se às diversas atividades que decorreram neste concelho no âmbito da XVIII edição da Festa da Orelheira e do Fumeiro de Cabeceiras de Basto, certame durante a qual tiveram oportunidade também de se inteirar das dinâmicas socioeconómicas e sociais das gentes desta terra, cuja matriz é essencialmente rural.





















© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.