Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-10-2013

SECÇÃO: Informação

Centro Empresarial e de Inovação de Basto abre no Arco de Baúlhe

Antiga Escola da Serra acolhe associações e Centro Empresarial e de Inovação de Basto
Antiga Escola da Serra acolhe associações e Centro Empresarial e de Inovação de Basto
O Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, procedeu no dia dia 24 de setembro, à abertura do Centro Empresarial e de Inovação de Basto (CEIB). Um espaço de trabalho inovador e criativo, localizado na antiga escola primária da Serra, no Arco de Baúlhe, que foi alvo de obras de adaptação e de beneficiação para acolher o Centro Empresarial e de Inovação de Basto, mas também, as associações ArcoBike e Desportivo do Arco de Baúlhe e a Fábrica da Igreja Paro-quial de S. Martinho do Arco de Baúlhe, que agora passam a dispor de um local para o funcionamento da sua sede e para a dinamização de atividades direcionadas para os seus associados, paroquianos e comunidade em geral.
O Centro Empresarial e de Inovação de Basto, é um espaço de trabalho partilhado que pretende acolher empreendedores do concelho e acompanhar as mudanças da economia moderna, nas quais as palavras de ordem são cada vez mais, mobilidade, flexibilidade, eficiência, redução de custos e satisfação pessoal. “É um espaço de trabalho onde estão reunidas as condições necessárias para promover a criatividade, a inovação e a produtividade dos seus utiliza-dores”, disse na oportunidade o edil cabeceirense, que considerou que “esta obra é também uma forma de homenagear os arcoenses que considerou terem grande capacidade de empreender e inovar”.
foto
De referir que este ‘novo’ espaço que se pretende com vida e dinâmica sócio cultural e empresarial, terá disponível uma pessoa para apoiar as diferentes empresas e associações ali instaladas. O espaço de trabalho será cedido gratuitamente, assim como, disponibilizado o mobiliário de escritório, a água, a luz, a internet e a limpeza do referido espaço. Será igualmente disponibilizado o acesso livre à sala de reuniões, copa/bar e zonas comuns, bem como, o ‘parque’ de estacionamento exterior e a receção com atendimento personalizado, visando desta forma, apoiar os jovens empreendores com profissões autónomas, liberais ou independentes e também as micro empresas e os empresários que adiram a este sistema de ‘coworking’.
Apoiar a nova geração de trabalhadores a criar o seu emprego, disponibilizando uma área de trabalho a pessoas e empresas, num ambiente inovador, que estimule a cultura colaborativa, a criatividade e a produtividade dos seus negócios, são os objetivos principais desta iniciativa promovida pela Câmara Municipal, que ao investir na adaptação deste espaço, não só permite recuperar uma antiga escola que ficou devoluta por força da implementação da carta educativa concelhia, como também, contribuir para fomentar dinâmicas económicas e associativas benéficas para a vila do Arco de Baúlhe em particular e para o concelho de Cabeceiras de Basto, em geral.

Associações ocupam espaços na antiga escola da Serra

Além do Centro Empresarial e de Inovação de Basto, neste edifício que dispõe de dois andares com oito salas, instalações sanitárias, cozinha e espaços comuns, ficarão alojadas também as coletividades Arcobike, Desportivo do Arco de Baúlhe e Fábrica da Igreja Paroquial de S. Martinho do Arco de Baúlhe, que ali desenvolverão as mais diversas atividades.
De referir ainda que aqui funciona igualmente um centro de recursos que permitirá o desenvolvimento de atividades complementares, nomeadamente na área da formação, procurando potenciar os vários setores albergados.
Nesta singela cerimónia, durante a qual foram assinados três protocolos de cedência dos espaços e cooperação com as asso-ciações Arcobike e Desportivo do Arco de Baúlhe e com a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Martinho do Arco de Baúlhe, estiveram também presentes os presidentes da Junta e Assembleia de Freguesia do Arco de Baúlhe, dirigentes associativos das coletividades referidas e da Paróquia do Arco de Baúlhe, demais autarcas e convidados.
A jornada terminou com uma visita aos diversos locais que integram esta antiga escola que agora adquiriu uma nova função, mas que continua aberta aos arcoenses em particular e à população em geral.




























© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.