Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-10-2013

SECÇÃO: Informação

Delegação de Neuville-sur-Saône visita Cabeceiras de Basto

Joaquim Barreto recebeu delegação de Neuville no Salão Nobre
Joaquim Barreto recebeu delegação de Neuville no Salão Nobre
O Presidente da Câmara, Eng.º Joaquim Barreto, recebeu no dia 30 de setembro, no edifício dos Paços do Concelho uma delegação provinda de Neuville-sur-Saône, liderada pelo edil daquela localidade francesa, Jean-Claude Olivier.
Tratou-se de uma visita que decorreu no âmbito da geminação encetada em 1997 entre os Municípios de Cabeceiras de Basto e Neuville-sur-Saône, com o objetivo de estreitar laços de amizade entre estes dois povos, motivada pela forte presença de emigrantes naquela região de Lyon e que à época era muito ansiada pela comunidade cabeceirense ali a residir e a trabalhar. Um acordo que foi firmado pelo Eng.º Joaquim Barreto e pelo Maire de então Paul Lafly após encontros vários e que uma vez concretizado, originou intercâmbios culturais, sociais, económicos, desportivos, entre outros, que ao longo dos anos aproximaram os povos e divulgaram as suas potencialidades aquém e além fronteiras.
Feito um balanço francamente positivo desta geminação, o autarca de Cabeceiras de Basto Eng.º Joaquim Barreto, agradeceu a visita do Maire de Neuville-Sur-Saône, que será a última enquanto primeiros responsáveis pelos dois municípios. O edil cabeceirense, enalteceu o trabalho desenvolvido nos últimos dezasseis anos que solidificou esta gemi-nação e que, acredita, perdurará no tempo e contribuirá para continuar a fortalecer a união dos povos numa Europa pensada para as pessoas e com as pessoas.
Da mesma opinião, partilhou o autarca francês, que esteve na génese deste processo de cooperação e amizade entre Cabeceiras de Basto e Neuville-sur-Saône. Cooperação esta, que ao longo dos anos pemitiu a dinamização de importantes iniciativas que conduziram à partilha de conhecimentos, à troca de experiências e a momentos de grande convívio e confraternização numa aproximação cultural luso-francesa.
Recorde-se que durante dezasseis anos foram realizadas diversas ações, entre as quais a participação anual na feira do 1º de Maio, em Neuville-sur-Saône, um dos mais relevantes certames económicos realizados na região de Lyon, promovidos por aquele Município irmanado com Cabeceiras de Basto.
Estreitar laços de amizade e promover as potencialidades sócio-culturais e económicas desta região de Basto, são objetivos inerentes a esta desloca-ção anual a França que divulga e permite a comercialização de produtos locais como mel, broa, vinho, azeite, fumeiro, artesanato em linho, lã e madeira, entre outros, abrindo portas para os produtores locais. Esta participação tem contribuido igualmente para a divulgação do nosso patri-mónio e para a promoção de pontos de encontro entre culturas. De referir que no decurso desta geminação foi igualmente importante, a assinatura de um protocolo de cooperação que viabilizou a criação de um Balcão de Atendimento Virtual naquela localidade de Lyon, assumindo-se como um Gabinete de Apoio às Comunidades. Uma colaboração centrada priorita-riamente na área da Administração Municipal e outros serviços possíveis de realizar através da cooperação com outra entidade pública e/ou privada, incidindo na colaboração entre estes dois municípios, que dentro das suas atribuições e competência pretendem continuar a estreitar laços de amizade entre as duas autarquias e respetivas populações.
De salientar que, em Neuville-sur-Saône e na periferia, existe uma comunidade bastante significativa de cabeceirenses, que continuam a ter processos e interesses na sua terra de origem e que doravante podem ser tratados diretamente de França, já que estão disponíveis algumas res-postas ao nível da administração pública que podem ser acionadas através do recurso às novas tecnologias de informação.
Por fim, e após a habitual troca de lembranças, a delegação francesa foi visitar alguns equipamentos municipais recém inaugurados como as Casas do Tempo, da Lã, do Pão e o Núcleo de Vida Selvagem, que considerou de grande importância para o desenvolvimento sócio-económico e turístico do concelho.


















© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.