Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-10-2013

SECÇÃO: Informação

Presidente da Câmara inaugura unidade fabril de calçado em Cabeceiras de Basto

Unidade fabril integra 40 trabalhadores
Unidade fabril integra 40 trabalhadores
O Presidente da Câmara Municipal Eng.º Joaquim Barreto, acompanhado pelo Presidente da Assembleia Municipal Dr. Serafim China Pereira procedeu no dia 14 de setembro, à inauguração da unidade fabril da Jóia Calçado S. A em Cabeceiras de Basto, localizada na Zona Industrial da Ranha, na freguesia de Abadim deste concelho.
Uma cerimónia na qual esteve também presente o Presidente da Junta de Freguesia de Abadim, Alexandre Lopes, o Presidente do Conselho de Administração Sr. Fernando Lima, o diretor geral, Dr. Luís Sá, representantes da Indústria Portuguesa de Calçado, trabalhadores, familiares e amigos.
Autarcas e administradores da empresa inauguraram unidade fabril
Autarcas e administradores da empresa inauguraram unidade fabril
Após o descerramento da placa alusiva e da benção das instalações pelo Monsenhor José Augusto Ribeiro, o Dr. Luís Sá, agradeceu a colaboração de todas as entidades, nomeadamente da Câmara Municipal, que ajudaram a concretizar este projeto - a unidade fabril de Cabeceiras de Basto - em funcionamento há cerca de um ano. Na oportunidade falou também da competitividade como um importante fator para o desenvolvimento do setor empresarial nesta aldeia global em que vive-mos e que deve assentar na excelência da prestação de serviços e na inovação tendo em vista garantir a qualidade do produto. É nesse sentido que tem trabalhado esta empresa, que aqui investiu cerca de um milhão e duzentos mil euros, nomeada-mente, em maquinaria industrial procurando aumentar a produtividade e a redução de custos, para o quais é determinante a motivação e o empenho dos trabalhadores. Durante a sua intervenção disse ainda que a aposta feita em Cabeceiras de Basto, resultou em parte da mão de obra disponível neste concelho e da vontade da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto em atrair investimentos para a terra. O bom relacionamento institucional encetado permitiu assim, a concretização desta unidade onde operam diariamente quatro dezenas de trabalhadores cuja oportunidade laboral deve ser encarada com lealdade e competência, assiduidade e profissionalismo, referiu o diretor geral da Jóia Calçado SA, já que o funcionamento desta unidade, contribui para o desenvolvimento do con-celho e consequentemente para o bem estar das suas gentes.
Monsenhor José Augusto Ribeiro  benzeu as instalações
Monsenhor José Augusto Ribeiro benzeu as instalações

Fábrica prima pela produção de qualidade

No uso da palavra o presidente do Conselho de Administração da Jóia Calçado SA, Sr. Fernando Lima, disse que este é um dos setores que mais tem vindo a crescer e por isso a aposta em Cabeceiras de Basto foi muito importante para o grupo, que além de cumprir com as suas obrigações para com os trabalhdores, pretende em breve dotar esta unidade de novas tecnologias, perspetivando o seu crescimento com a produção completa do produto e a criação de uma loja de fábrica, a que está associada a admissão de mais trabalhadores.
“Produzir com qualidade é o lema desta empresa” disse o presidente do CA que na oportunidade agradeceu publicamente à Câmara Municipal todo a apoio pres-tado assim como, ao Centro de Emprego e ao Centro Tecnológico de Calçado, na consolidação deste importante projeto.
Por sua vez, o edil Cabeceirense, Engº Joaquim Barreto, congratulou-se com a concretização deste projeto no concelho, que tem vindo a apresentar resultados positivos e tem acrescentado valor à terra, outrora dominada pelo setor primá-rio, mas que agora assiste ao desenvolvimento de outros setores como o industrial. O autarca frisou ainda que além do apoio que é prestado àqueles que querem continuar a apostar na agricultura, setor identitário desta terra, procura-se simultamente dotar o concelho de outras respos-tas capazes de gerar dinâmicas empresariais e económicas, tais como a criação de várias zonas industriais em diferentes locais do território, criando bolsas de desenvolvimento, aproximando-as das pessoas e assim garantindo a sua fixação, procurando que o progresso se faça de forma integrada e sustentada. O autarca lembrou ainda as várias medidas que tem sido lançadas pelo executivo municipal tendo em vista incentivar o investimento seja através da aquisição de terrenos, seja através do apoio aos jovens, potenciais empresários.
A terminar o autarca agradeceu ao Dr. Luís Sá, ao Sr. Fernando Lima e ao Sr. Fortunato Frederico, também presente nesta cerimónia, bem como a todos os que colaboraram na concretização desta Unidade, a confiança depositada e a oportunidade dada a este concelho dotado de óptimas acessibilidade, que não defraudará as expetativas aqui despositadas, disse, acrescentando que se sente feliz ao ver que a estratégia de desenvolvimento adopta-da - que passa também pelas parcerias estabecidas - tem vindo a contribuir para a promoção da riqueza do concelho, mas também do país.
A encerrar a sessão, o Presidente da Assembleia Municipal, Dr. Serafim China Pereira, congratulou-se com o investimento feito em Cabeceiras de Basto e com o importante impacto no tecido sócio-económico local. O concelho desenvolveu-se muito, quantitativa e qualitativamente, graças à visão estratégica da Câmara Municipal em atair investimento e aos diferentes agentes tais como a Jóia Calçado e a APICAP, que ao apostarem nesta terra, criaram mais oportunidades laborais para os Cabeceirenses. Aos trabalhadores deixou uma palavra de incentivo para que contribuam para o sucesso desta empresa, desejando felicidades a todos os que ajudam a desenvolver Cabeceiras de Basto.
Após a visita às instalações, a jornada terminou com um salutar convívio entre os presentes.





































































© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.