Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 26-08-2013

SECÇÃO: Informação

Câmara de Cabeceiras de Basto inaugura Casa da Juventude e lança Cartão Jovem Municipal

Casa da Juventude, um espaço para todos
Casa da Juventude, um espaço para todos
Os Presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Eng.º Joaquim Barreto e Dr. Serafim China Pereira, acompanhados pelo presidente da Junta de Refojos, Francisco Alves, demais autarcas da freguesia e do município, dirigentes associativos, convida-dos, população em geral e muitos jovens, procederam no passado dia 12 de agosto, à inauguração da Casa da Juventude, Associativismo, Artes, Ofícios e Gerações.
Segundo informação divulgada, esta iniciativa que assinalou também o Dia Internacional da Juventude em Cabeceiras de Basto, resulta da obras de readaptação e requalificação levadas a cabo no edifício do Mercado Municipal, que foi ajustado às novas dinâmicas sócio-económicas e culturais concelhias correspondendo, desta for-ma, aos anseios da popu-lação, sobretudo das camadas mais jovens.
O renovado edifício, localizado numa zona central da vila cabeceirense, acolhe agora espaços destinados à ocupação salutar dos tempos livres das várias faixas etárias da população e garante respostas distintas a nível formativo, cultural, lúdico e educativo, de segunda a sábado, das 9h00m às 20h00m, estando já definido um programa de atividades nas quais os interessados podem fazer a sua inscrição.
Uma ‘Casa’ onde as gerações se cruzam numa verdadeira partilha de co-nhecimentos, seja de cariz tradicional - já que vai ao encontro dos usos e costumes desta terra -, seja de cariz mais contemporâneo, nomeadamente ao nível da utilização das novas tecnologias de informação e multimédia, fotografia, entre outras áreas ligadas à inovação e ao empreendedorismo.
Autarcas descerraram placa inaugural
Autarcas descerraram placa inaugural

Espaço polivalente aberto a todos

Músicos locais animaram a noite
Músicos locais animaram a noite
A Casa da Juventude, Associativismo, Artes, Ofícios e Gerações, é por isso “um espaço polivalente, aberto a todos”, disse na oportunidade o edil Cabeceirense, Eng.º Joaquim Barreto, adiantando que “aqui será o centro nevrálgico onde se concentra a ideia, o pensamento, a ação, a juventude, o associativismo, as artes, os ofícios e as gerações”. “É para mim, enquanto presidente da Câmara, ao fim de 20 anos de atividade, muito gratificante constatar que, de ano para ano, se criam mais associações. E se se criam mais associações, nós temos um pensamento mais coletivo à nossa volta a influenciar-nos e a dinamizar aquilo que é a intervenção da Câmara Municipal”, disse o autarca, acrescentando: “Sinto-me orgulhoso e hon-rado com o movimento associativo que temos. A Câmara Municipal tem estado ao lado desse movimento associativo, procurando rejuvenescê-lo, regenerá-lo e apoiá-lo para que prestem melhores serviços à comunidade cabeceirense”.
Atelier de costura é um dos espaços existentes
Atelier de costura é um dos espaços existentes
No ato inaugural da Casa da Juventude, Associativis-mo, Artes, Ofícios e Gerações, Joaquim Barreto prestou ainda, de uma forma “simbólica, sentida e sincera”, a sua homenagem ao movimento associativo do concelho de Cabeceiras de Basto, afirmando que as associações e clubes, “de uma forma ativa e colaborante”, têm sido “os principais dinamizadores da nossa atividade e os parceiros privilegiados com quem o Município e as Juntas de Freguesia têm contado para implementar e desenvolver as mais diversas iniciativas”.
Por sua vez, o Presidente da Assembleia Municipal, Dr. China Pereira no uso da palavra disse: “Eu acredito em Cabeceiras de Basto. Cabeceiras de Basto tem futuro. Com equipamentos como a Casa da Juventude, a Casa do Tempo e muitos outros, Cabeceiras não só melhorou, como também se diferenciou. E todos nós temos de ter a ambição necessária para continuar a trabalhar no nosso concelho para que os Cabeceirenses se sintam cada vez melhor em Cabeceiras de Basto, tenham mais qualidade de vida e se sintam mais felizes na terra que os viu nascer”.
Protocolo viabiliza criação do cartão jovem municipal
Protocolo viabiliza criação do cartão jovem municipal
No decurso deste ato inaugural foi feita uma breve apresentação das valências deste ‘novo’ equipamento municipal, agora colocado à disposição da população, cuja grande mudança aconteceu sobretudo no primeiro piso deste edifício que passa a albergar: a sala do associativismo, a universidade sénior, salas de formação e de estudo, gabinete do empreendedorismo, espaço multimédia, sala de convívio, sala de figurinos/costura, atelier de artes e ofícios, sala de reuniões/espaço de ideias, espaço para arrumos de material de limpeza, vestiário, refeitório e cantina. No primeiro piso, funcionam também a receção, um estabelecimen-to comercial e os serviços da PROBASTO. Também a cave foi alvo de várias alterações onde existem atualmente, espaços que acolhem ateliers diversos – tamanqueiro, fotografia, artes cénicas - um auditório, um espaço expositivo, arrumos e sanitários, assim como, uma cozinha destinada a formações na área da gastronomia.

Fabrico de doces de romaria
Fabrico de doces de romaria
Cartão Jovem Municipal

Durante a abertura da Casa da Juventude, o Município de Cabeceiras de Basto assinou um acordo de colaboração com a MOVI-JOVEM – Mobilidade Juvenil, Cooperativa de Interesse Público de Responsabilidade Limitada, tendo em vista a criação e implementação do Cartão Jovem Municipal European Youth Card (E.Y.C), aqui designado por Cartão Jovem Municipal do Município de Cabeceiras de Basto.
Um documento destina-do a todos os jovens residentes neste concelho, com idades compreendidas entre os 12 e os 29 anos de idade, através do qual os seus portadores têm acesso a diversas vantagens disponibilizadas pelos serviços camarários e outras entidades.
A inauguração da Casa da Juventude, cujas obras representam um investi-mento na ordem dos 200 mil euros, prolongou-se noite dentro, em clima de grande animação proporcionada por grupos e artesãos locais, que apresentaram danças, músicas, artesanato urbano e tradicional, culminando com um belo momento de teatro proporcionado pelo Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, que tem a sua sede neste edifício. No percurso da visita acompanhada por um grande número de pessoas, foram ainda apresentados: o espaço do associativismo onde várias coletividades locais têm a sua sede, a Universidade Sénior, os ateliers com distintas demonstrações ao vivo, os espaços destina-dos à aprendizagem de música, Inglês, multimédia, fotografia, bem como, uma exposição alusiva às artes cénicas ali patente ao público e a atuação de bandas de garagem que aqui encontraram um espaço para os seus ensaios musicais.

Casa da Juventude promove workshop de fotografia

Com um programa de atividades diversas e dirigidas a diferentes públicos, a Casa da Juventude apresente a partir do próxi-mo dia 30 de agosto e até dezembro, um mini-curso de fotografia.
A cabeceirense Sara Marilda será a formadora por este workshop de fotografia irá incidir na iniciação à fotografia, na abordagem a programas de edição, trabalhos em photoshop e ainda em maratonas de fotografia.
Os interessados podem proceder à sua inscrição na Casa da Juventude, Associativismo, Artes, Ofícios e Gerações, através do telefone 253 666 022 ou através do mail:
casadajuventudecb@gmail.com









© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.