Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 26-08-2013

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara

foto
Executivo apoia Banda Cabeceirense

Várias coletividades receberam um montante global de 25.699,36 Euros, atribuido pela Câmara Municipal para apoiar a realização de diversas atividades sócio-culturais, desportivas e recreativas.

Sob a presidência do Eng.º Joaquim Barreto, reuniu no dia 22 de agosto de 2013, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Segundo informação divulgada, dos assuntos tratados, destaque para a decisão do executivo em prosseguir com o apoio logístico e financeiro a diversas coletividades tendo em vista o cumprimento dos seus planos de atividades e a prossecução de ações de cariz cultural, desportivo ou recreativo, cuja realização garante respostas à população e contribui para o desenvolvimento do concelho e para o bem estar e qualidade de vida dos cabeceirenses.
Neste âmbito o executivo decidiu apoiar a Banda Cabeceirense, atribuindo-lhe um apoio financeiro que se destina à formação musical de cerca de meia centena de crianças e jovens, que semanalmente frequentam a escola de música desta centenária filarmónica.
De referir que a Banda Cabeceirense tem sido, de alguns anos a esta parte, um verdadeiro ‘viveiro’ de músicos, alguns deles seguindo a via profissional e destacando-se no panorama musical nacional e até internacional.
Além dos diversos apoios financeiros atribuidos, a Câmara Municipal tem também contribuido ao longo dos anos com diversos apoios logísticos que têm conduzido à valorização e qualificação desta antiga filarmónia, hoje uma referência no norte de Portugal.
Recorde-se que a Câmara Municipal disponibilizou ainda o antigo edifício da cadeia das Pereiras, edifício patrimonial que recuperou e adaptou para Casa da Música, onde de alguns anos a esta parte está instalada a Banda Cabeceirense, garantindo-lhe assim, uma sede e um espaço de trabalho e de aprendizagem com condições propícias para a realização de ensaios e formação de músicos.
Contacto Futsal recebe apoio

Segundo informação difundida, nesta reunião, o executivo decidiu também apoiar financeiramente a Contacto Futsal, associação de cariz desportivo que agrega centenas de crianças e jovens em torno da prática da modalidade de futsal, dispondo de ‘escolinhas’ de formação que fomentam a prática desportiva junto das camadas mais jovens da população e simultaneamente conduzem à ocupação salutar dos seus tempos livres.

Grupo Folclórico de S. Nicolau e Junta de Freguesia recebem apoio da Câmara Municipal

O executivo decidiu igualmente atribuir um apoio financeiro à Associação do Grupo Folclórico de S. Nicolau tendo em vista ajudar a custear as despe-sas tidas com a construção da sede desta importante coletividade da freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau). Também à Junta de Freguesia de Cabeceiras de Basto (S. Nicolau) a Câmara Municipal decidiu atribuir um apoio financeiro e logístico destinado à realização da Festa das Coletividades que todos os anos se realiza naquela localidade e que proporciona aos locais e aos visitantes diversas provas desportivas, lúdicas, recreativas e culturais.

Associações ARDCA, A CHEGAS e Criadores de Gado de Raça Barrosã apoiadas

Na reunião foi ainda atribuido um apoio financeiro à Associação de Defesa dos Interesses Agrícolas, Florestais e Animais – A Chegas, por forma a apoiar a realização de um ‘Campeonato de Chegas de Bois’, avivando esta antiga tradição local muito aprecia-da pela população.
À ARDCA – Associação Recreativa Desportiva e Cultural de Abadim, o exe-cutivo decidiu atribuir um apoio logístico e financeiro tendo em vista a realização do Oural Summer Party 2013. Um ‘festival’ de música que todos os anos atrai à Serra do Oural centenas de pessoas, sobretudo jovens, para conviver e se divertir nesta época de Verão.
No que à atribuição de apoios diz respeito, o executivo decidiu ainda atribuir uma verba à Associação Nacional dos Criadores de Gado de Raça Barrosã, ajudando a custear as despesas com a realização do XXV Concurso Pecuário de Raça Barrosã, certame que todos os anos é promovido no concelho de Montalegre e no qual participam vários criadores e produto-res de Cabeceiras de Basto. Ao apoiar esta iniciativa, a Câmara Municipal está também a apoiar e a incentivar a produção local de raças autóctones, nomeadamente da Barrosã.
De referir que o valor global atribuido pelo executivo às coletividades antes referidas foi de 25.699,36 Euros.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.