Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 04-03-2013

SECÇÃO: Informação

25º aniversário

A Mútua de Basto tem sede na Rua Antunes Basto, em Cabeceiras de Basto
A Mútua de Basto tem sede na Rua Antunes Basto, em Cabeceiras de Basto
Associação Mútua de Basto distinguida com Medalha de Mérito Público

A Mútua de Basto/Norte tem procurado ao longo dos anos, interpretar as necessidades e antecipar respostas motivadoras e galvanizadoras para o processo de desenvolvimento e bem-estar das comunidades rurais, contribuindo desta forma, para fixar as pessoas e para a melhoria das suas condições de vida. Com 25 anos de atividade, a associação Mútua de Basto é hoje uma referência local e regional. O caráter inovador e a transversalidade de intervenção, permitiu-lhe o reconhecimento de Instituição de Utilidade Pública. Pelos bons serviços prestados no útimo quartel ao serviço dos agricultores e do desenvolvimento rural é agora distinguida pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto com a Medalha de Mérito Público Concelhio.
Reunido no dia 21 de fevereiro, o executivo municipal de Cabeceiras de Basto, decidiu, por unanimidade, distinguir a Associação de Desenvolvimento Rural Mútua de Seguros e Multi-serviços – Mútua de Basto/Norte, com a atribuição da Medalha de Mérito Público – grau prata, na passagem dos 25 anos de atividade ao serviço dos agricultores e do desenvolvimento rural.
Trata-se de uma associação privada sem fins lucrativos, constituída por escritura pública em 17 de Março de 1988, que reúne cerca de 14.000 sócios, distribuídos em especial pelos 4 concelhos da região de Basto (Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Mondim de Basto e Ribeira de Pena), mas também por toda a Região Norte.
A Mútua de Basto/Norte é por isso, uma estrutura associativa que tem por finalidade a promoção e o desenvolvimento integrado e sustentado dos meios rurais nos concelhos da sua área social, através da dinamização de iniciativas de apoio às atividades produtivas e à proteção do ambiente.
No âmbito desta ação, a associação, disponibiliza um leque de serviços que incidem: na promoção de ações que contribuam para a melhoria da classificação sanitária das explorações pecuárias, tendo em vista assegurar o melhoramento e bem-estar animal, através da sanidade animal, da inseminação artificial, da divulgação de conhecimentos e outros serviços necessários; na promoção, divulgação e venda de produtos locais; no fomento da comercialização das produções agrícolas, pecuárias e silvícolas; na promoção de investimentos conexos com o seu objeto social; na implementação de atividades complementares do rendimento das populações rurais, nomeadamente o turismo, a caça e o artesanato; em potenciar a divulgação dos produtos e das potencialidades regionais e a recuperação de técnicas e práticas tradicionais; em promover a animação e a implementação de programas de desenvolvimento de iniciativa e base regional; em desenvolver atividades que se mostrem necessárias ou convenientes à defesa dos interesses dos concelhos que integram a sua área de atuação; em garantir a implementação de atividades que invertam o processo de desertificação que ameaça o meio rural; na elaboração, conjuntamente com as comunidades visadas, de estratégias de desenvolvimento onde se valorizem as potencialidades locais, inserindo-as dentro do sistema produtivo onde elas se possam tornar competitivas e de referência; em criar, organizar e manter serviços de interesse para os Associados e constituir, nos termos que vierem a ser regulamentados, os fundos necessários para o efeito; na promoção de formação profissional.
Trata-se por isso, de um leque de serviços diversificados, que ao longo dos anos têm contribuido para satisfazer as necessidades das populações, promover um clima propício de mudança e sustentar a iniciativa económica e social, garantindo estabilidade, segurança e confiança. No âmbito desta intensa atividade, a Mútua de Basto/Norte procura a todo o tempo, interpretar as necessidades e antecipar respostas motivadoras e galvanizadoras para o processo de desenvolvimento e bem-estar das comunidades, assim como, fixar as pessoas e contribuir de forma efetiva para a melhoria das suas condições de vida.
Esta associação, pretende assim, criar condições de promoção e desenvolvimento integrado e sustentado das terras de Basto e da Região Norte, desenvolvendo uma nova dinâmica no meio rural, ambiental, social e economicamente sustentável, de forma mais abrangente e proativa na dinamização de iniciativas que passam pela valorização profissional e qualificação para a cidadania, contribuindo igualmente, para a fixação dos jovens no território, para desenvolver ações de conservação e valorização do meio ambiente, para aproveitar os recursos locais e conservar a cultura local, desenvolvendo um trabalho em rede.
De salientar que ao longo de 25 anos de atividade, a Mútua de Basto/Norte participou em vários certames de reconhecido valor, nomeadamente a Feira Internacional de Silheda, na Galiza, tendo sido distinguida com o 2º (1994) e 3º (1995) lugar na categoria de Melhor Experiência de Associativismo Agrário e 1º lugar (2008) na categoria de Iniciativas Locais de Desenvolvimento Rural, participações estas, através das quais foi possível promover o concelho e além fronteiras. De referir também que o caráter inovador e a transversalidade de intervenção, permitiu-lhe o reconhecimento de Instituição de Utilidade Pública.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.