Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 04-03-2013

SECÇÃO: Informação

Subdiretora-geral dos Estabelecimentos Escolares inaugura novo Centro Escolar Profª Filomena Mesquita

Foi inaugurado no passado dia 15 de fevereiro, na Rua do Olival do Cabido, em Cabeceiras de Basto, o Centro Escolar Profª Filomena Mesquita, uma cerimónia que foi presidida pela subdiretora-geral dos Estabelecimentos Escolares, Dra. Isabel Cruz, que se fez acompanhar pelos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Engº Joaquim Barreto e Dr. Serafim China Pereira, assim como pelos vereadores Francisco Pereira e Margarida Coutinho, pelos presidentes das Juntas de Freguesia, pela diretora do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, Dra. Céu Caridade, pela administradora da Emunibasto, Dra. Fátima Oliveira, pela diretora da Régie Cooperativa Basto Vida, Dra. Catarina Ramos, assim como pelos membros da Assembleia Municipal, entre outros autarcas. Alunos, encarregados de educação, professores e auxiliares, assim como a restante comunidade educativa, convidados e público em geral associaram-se também à iniciativa.
O novo Centro Escolar – moderno e funcional – acolhe mais de 70 alunos do 1º ciclo de Alvite, Outeiro e de Lameiros, em Refojos, uma obra que resulta da requalificação da antiga EB1 da vila e cujo investimento é de 2 milhões de euros, dos quais 1,5 financiados pelo QREN e 500 mil euros pela Câmara Municipal.

Subdiretora-geral dos estabelecimentos escolares Drª Isabel Cruz presidiu à inauguração do novo Centro Escolar
Subdiretora-geral dos estabelecimentos escolares Drª Isabel Cruz presidiu à inauguração do novo Centro Escolar
O Centro Escolar Profª Filomena Mesquita está preparado para receber quatro turmas do ensino pré-escolar e oito turmas do 1º ciclo, dispondo ainda de uma sala para expressão plástica, salas para professores e funcionários, ludoteca, biblioteca/sala de informática, auditório, espaço polivalente, gabinetes para direção, professores e associação de pais, gabinete médico, cozinha e refeitório, um estabelecimento de ensino adaptado às novas exigências educativas, com condições propícias para a aprendizagem e para um ensino de qualidade, numa escola inclusiva e a tempo inteiro.

Atribuição do nome Profª Filomena Mesquita, como patrono
do Centro Escolar,
é “homenagem aos antigos professores primários”
O Presidente da Câmara enalteceu investimento feito no setor da educação e distinguiu o valor de todos os professores primários
O Presidente da Câmara enalteceu investimento feito no setor da educação e distinguiu o valor de todos os professores primários

No uso da palavra, o presidente da Câmara de Cabeceiras de Basto, Eng. Joaquim Barreto, explicou aos presentes que a atribuição do nome Profª Filomena Mesquita, como patrono do Centro Escolar, se prende com a “homenagem aos antigos professores primários”, na pessoa daquela personalidade cabeceirense que dedicou a sua vida ao ensino. Com esta homenagem “queremos reconhecer o valor de todos os professores primários”, disse.
Deixando palavras de encorajamento aos docentes, o edil testemunhou a “disponibilidade da Câmara para responder, em tempo útil, às necessidades”.
Agradecendo a compreensão dos encarregados de educação para esta nova realidade do ensino, Joaquim Barreto garantiu “a mudança foi para melhor” para as crianças que dispõem agora de melhores condições para a aprendizagem.
Lembrando que, desde 2008, o Município investiu 13,4 milhões de euros na Educação, Joaquim Barreto exclamou: “foi um bom investimento” que gerou uma “verdadeira revolução no ensino” em Cabeceiras de Basto.
Autarcas, responsáveis educativos, professores e convidados foram recebidos pelos alunos do Centro Escolar
Autarcas, responsáveis educativos, professores e convidados foram recebidos pelos alunos do Centro Escolar

“As câmaras municipais são parceiras fundamentais do Ministério da Educação”

Na sua intervenção, a Subdiretora-geral dos Estabelecimentos Escolares, Dra. Isabel Cruz, evidenciou que “as câmaras municipais são parceiras fundamentais do Ministério da Educação”. E acrescentou: “é com agrado que eu verifico que, neste Município, a Educação é um investimento. É um investimento no imaterial mas é um investimento no futuro”.
Assegurando que está “com todos os que estão com a educação”, a representante do Ministério da Educação lembrou que “Cabeceiras de Basto foi um dos primeiros municípios a assumir uma parceria com o Ministério” e que “quem o faz é porque vê a Educação como uma aposta”. E foi mais longe: “há uma política de continuidade mas eu acho que deveria haver um pacto na Educação”, que envolvesse todos os parceiros.
Felicitando a Câmara pelo facto do patrono ser “uma pessoa que dedicou a sua vida à Educação”, Isabel Cruz afirmou ser “um prazer verificar a forma como esta comunidade se relaciona na Educação”, onde estão “todos de mãos dadas na construção de um futuro melhor para os jovens”.
Evidenciando “o reforço das regras de conduta dos alunos dentro das escolas e o respeito, cada vez mais forte, pelo professor” como os objetivos deste Governo, a Subdiretora-geral deixou uma palavra aos pais, declarando: “vocês estão a dar passos fortes na construção do futuro dos vossos filhos” que serão “muito mais desenvolvidos, verdadeiros cidadãos do mundo”.

Família
“grata ao município
pela homenagem”

Regina Basto, neta da Profª Filomena Mesquita, cuja família se associou ao evento, mostrou-se “extremamente grata ao município pela homenagem” à sua avó, uma mulher que dedicou 66 anos da sua vida ao ensino.
“Uma pessoa de afetos que fomentava o respeito, uma professora de alma e coração”, cujo nome, vida e obra ficará perpetuado no Centro Escolar Profª Filomena Mesquita.
O novo estabelecimento de ensino “é uma obra que enriquece o Parque Escolar”, considerou a diretora do Agrupamento de Escolas, Dra. Céu Caridade, elogiando as condições físicas da escola, mas também “a excelente equipa que trabalha diariamente para o sucesso dos alunos”.
Deixou, por fim, o reconhecimento da “determinação, empenho e dedicação que a Câmara e o seu presidente têm para com a área da educação”.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.