Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 11-02-2013

SECÇÃO: Destaque

Centro de Teatro promove marca e exibe primeira produção

foto
Neste novo ano de 2013 será desenvolvido um conjunto de ações com o desafio de chegar a um maior número de pessoas em todo o concelho, contribuindo para o enriquecimento cultural da comunidade ao confrontá-la com novas manifestações artísticas e sensibilizando-a para a articulação das artes com o seu quotidiano.
Como marco simbólico do início do ano, o Centro de Teatro realizou na última semana do mês de janeiro um FLASH PUB, uma iniciativa realizada já em outras partes do mundo e que consiste na publicidade intensa e em massa de uma determinada marca ou ação, neste caso a logomarca CTCMCB – Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto. Foi um ousado plano de comunicação composto por várias instalações plásticas, exposição e ações de divulgação cujo objetivo era divulgar a marca e criar nas pessoas a curiosidade deste logo de forma a familiarizá-los com ele e torná-lo cada vez mais parte integrante do seu concelho e da sua vida.
“O CTCMCB é Teu!” estava espalhado por diversos espaços do concelho. Ao caminhar, a atenção das pessoas era captada por elementos surpreendentes: conjuntos de caixas para serem abertas e levadas, uma ocupação gigante do relvado do mosteiro com o logo do Centro, um desenho em perspetiva nas escadas do mercado, pessoas em toda a parte a usar pins identificadores do CTCMCB, a permanência constante nos placares eletrónicos, cartazes, flyers e várias outras iniciativas, enfim, Cabeceiras foi “bombardeada” pelo teatro.
Outro destaque dessa ação foi a exposição realizada na antiga banca do Pão do Mercado Municipal. Nela era possível apreciar imagens, adereços, figurinos e elementos produzidos em criação coletiva durante o ano de 2012 no Centro de Teatro. “A arte foi ao encontro da comunidade. Com isto queríamos dizer ‘O CTCMCB é Teu!’, é nosso”, remata a equipa.
Entretanto, a equipa apresentou já ao público a sua primeira produção para este ano.
A encenação ‘Há fumeiro… e dinheiro?’ foi especialmente preparada para a Festa da Orelheira e do Fumeiro de Cabeceiras de Basto, um certame que decorreu no fim de semana, no Pavilhão Desportivo de Refojos. O público aderiu em massa, aplaudindo efusivamente a comédia.
“Numa feira há de tudo, vendedores de frutas, de verduras, de banha de cobra, de vacas e de fumeiro. Há ciganas, há romances, há comadres (há compadres também), há histórias, há milagres, há confusão, há festa e há, claro, muita alegria”, lê-se na folha de sala. ‘Há fumeiro… e dinheiro?’ consistiu numa “comédia em seis atos que brincou com os personagens da feira e trouxe à cena pequenas histórias desse universo”.
Organizado pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e pela empresa municipal Emunibasto, a peça foi produzida pelo CTCMCB.
Com um elenco composto pelos formandos das oficinas de teatro e pela Universidade Sénior de Cabeceiras de Basto, o espetáculo contou com a participação especial dos Cavaquinhos da Raposeira e dos Bombos da Arborada.
“Apostámos na comédia porque quisemos preparar algo que fosse espontâneo, animado e que envolvesse gente”, referiu Roberto Moreira, co-diretor artístico do CTCMCB.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.