Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 11-02-2013

SECÇÃO: Informação

Concurso de Fumeiro juntou 37 produtores

foto
Em 2013, a Festa da Orelheira e do Fumeiro de Cabeceiras de Basto registou uma grande adesão de produtores naquela que foi a sexta edição do Concurso de Fumeiro de Basto, organizado em colaboração com a Delegação Regional de Basto-Douro/DRAPN.
O concurso realizou-se no sábado, dia 09 de fevereiro, contando com uma adesão de 37 participantes.
O júri foi constituído por especialistas da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, da Norte e Qualidade e da Delegação Regional do Ave/DRAPN que apreciaram e classificaram os melhores produtos a concurso. De salientar que o concurso se dividiu em duas categorias – o melhor fumeiro de Cabeceiras de Basto, aberto aos produtores do concelho, assim como o melhor fumeiro da 17ª edição da Festa, aberto à participação de todos os expositores presentes no certame.
De salientar que os produtores mais premiados nas categorias de melhor chouriça e salpicão foram os criadores de Cabeceiras de Basto, designadamente Rafael Vieira, do Arco de Baúlhe (1ºs lugares na categoria de melhor chouriça da 17ª Feira e melhor chouriça de Cabeceiras de Basto), Tia São, do Arco de Baúlhe (1º lugar na categoria de melhor salpicão de Cabeceiras de Basto e 2º melhor salpicão da 17ª Feira), Maria da Graça Ribeiro, de Pedraça (2ºs lugares para a melhor chouriça da 17ª Feira e melhor chouriça de Cabeceiras de Basto), Casa Reguengo de Baixo, de Riodouro (3ºs lugares para a melhor chouriça da 17ª Feira e melhor chouriça de Cabeceiras de Basto e ainda 3º lugar para o melhor salpicão de Cabeceiras de Basto), Nariz do Mundo, de Moscoso – Riodouro (2º lugar para o melhor salpicão de Cabeceiras de Basto e 3º lugar para o melhor salpicão da 17ª Feira). O Fumeiro do Grilo de Vieira do Minho conquistou o primeiro prémio para o melhor salpicão da 17ª edição da Festa da Orelheira e do Fumeiro de Cabeceiras de Basto.
Durante a sessão de entrega dos prémios, o presidente da Câmara Municipal, Engº Joaquim Barreto, deu os parabéns não só aos premiados, como a todos os produtores que participaram no concurso com os seus “produtos genuínos e de grande qualidade”.
Destacando “o aumento do número de produtores a concurso de ano para ano”, o autarca desejou que os resultados do concurso “sejam um incentivo para apresentarem ao público mais e melhor fumeiro”. E finalizou: com a Festa da Orelheira e do Fumeiro “estamos a valorizar o interior e os nossos produtos locais”.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.