Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 01-10-2012

SECÇÃO: Destaque

Dia do Município com homenagem a cinco cabeceirenses

Autarcas e homenageados no Dia do Município
Autarcas e homenageados no Dia do Município
Cinco cidadãos cabeceirenses foram homenageados durante a sessão solene do Dia do Município, 29 de setembro, uma cerimónia pública singela mas de grande simbolismo.
A homenagem da Câmara Municipal às individualidades que prestigiaram e continuam a prestigiar o Município de Cabeceiras de Basto traduziu-se na entrega de sete Votos de Louvor, Congratulação e Regozijo, a Bernardino Pereira, atleta veterano; Diogo Graça, jovem atleta/piloto; Pedro Miguel Teixeira, jovem músico; Luís Miguel Gonçalves, jovem atleta Síndrome de Down; e João Miguel Machado, jovem atleta Síndromo de Down.
À cerimónia evocativa da efeméride associaram-se os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, Engº Joaquim Barreto e Dr. Serafim China Pereira, uma comitiva do Município de Neuville-sur-Saône, o diretor do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial da Galiza/Norte de Portugal (AECT), Prof. Juan Lirón, vereadores, presidentes de junta de freguesia, membros da Assembleia Municipal, familiares dos homenageados e demais convidados.
Dia do Município evocado na Assembleia Municipal
Dia do Município evocado na Assembleia Municipal
Na sua intervenção, o presidente da Câmara Municipal fez uma breve alusão aos factos e datas históricas que levaram à instituição do dia 29 de setembro como Dia do Município, destacando “a maior importância e significado” dos mesmos.
“É com muita satisfação que mais uma vez evocamos o Dia do Município para honrar, garantir e perpetuar os direitos adquiridos pelos nossos antepassados”, disse Joaquim Barreto, referindo-se ao Dia do Município como “um dia de elevado simbolismo no qual os cabeceirenses se reveem, já que o Município é uma entidade concreta, com território, história, cultura e símbolos próprios de um povo antigo e determinado”.
O autarca considerou o Dia do Município como “um dia grande, de todos os cabeceirenses, que deve afirmar, aprofundar, exaltar, promover e valorizar a nossa identidade e o nosso patriotismo municipal”.
E acrescentou: “O Dia do Município é, sem dúvida, o momento ideal para exaltar os valores da terra, nomeadamente, cidadãos, instituições ou entidades que ao longo dos tempos se vão notabilizando pelo trabalho que desenvolvem e através do qual contribuem para a promoção do concelho aquém e além-fronteiras”.
Por isso mesmo, hoje foram reconhecidos “cinco cabeceirenses em áreas distintas cujo desempenho foi e é pautado por grande determinação e tenacidade, seja no campo cultural, seja no campo desportivo e que são merecedores do nosso apreço e regozijo público. A todos, em meu nome pessoal e no Município de Cabeceiras de Basto, bem-haja”, declarou Joaquim Barreto.
Finalizando, o autarca agradeceu a todos pela sua presença.
Depois da entrega dos Votos de Louvor, Congratulação e Regozijo, coube ao presidente da Assembleia Municipal, Dr. Serafim China Pereira, encerrar a sessão. China Pereira referiu-se ao Dia do Município como “um dia que pode e deve ser de homenagem à nossa história, à nossa cultura, às nossas tradições, enfim, homenagem às nossas gentes. Um dia que pode e deve ser de homenagem a todos aqueles que, de uma forma ou outra, têm defendido a nossa terra, o nosso concelho, e contribuído para a boa imagem de Cabeceiras de Basto na região, no país e no mundo”.
E expressou: “num tempo em que tanto se tem procurado denegrir a imagem do poder local e dos seus órgãos, direito constitucionalmente consagrado e uma das mais importantes conquistas do 25 de abril, é justo, também, relembrarmos neste Dia do Município que o poder local (Câmaras e Assembleias Municipais, Assembleias e Juntas de Freguesia) têm sido o principal responsável pela promoção do desenvolvimento do País, precisamente a partir das freguesias e dos concelhos”.
Segundo as palavras de China Pereira, “a Assembleia Municipal orgulha-se de fazer parte, conjuntamente com a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia, do projeto e processo de desenvolvimento de Cabeceiras de Basto que tem sido concretizado ao longo dos últimos dezanove anos. Um trabalho que, sabemos, tem contado com a colaboração das Juntas de Freguesia, dos Conselhos Diretivos dos Baldios, do movimento associativo, das IPSS’s, da comunidade educativa e de muitas outras instituições e de muitos Cabeceirenses”.
E terminou: “quero aqui deixar uma palavra de felicitação aos Cabeceirenses, nossos concidadãos, que a Câmara Municipal acaba de homenagear com a entrega de votos de louvor. Votos que lhes atribuiu, reconhecendo, dessa forma, os extraordinários feitos desportivos e musicais. Cabeceiras de Basto é uma terra rica em história e em cultura, mas também uma terra rica em pessoas”.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.