Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 20-08-2012

SECÇÃO: Informação

Erguida do Pau da Bandeira juntou centenas

Autarcas com a Comissão de Festas da Senhora dos Remédios
Autarcas com a Comissão de Festas da Senhora dos Remédios
O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, a convite da Comissão de Festas da Sra. dos Remédios acompanhou, no dia 5 de agosto, o arranque destas festividades com a tradicional ‘Erguida do Pau da Bandeira’ na vila do Arco de Baúlhe. A cerimónia da ‘Erguida do Pau’ ocorreu no Largo da Serra, onde se juntaram centenas de pessoas e onde o saudável bairrismo e a fervorosa crença religiosa deixaram marcas.
O erguer do pau da bandeira foi abrilhantado pelo cortejo etnográfico, que o antecedeu, e onde homens e mulheres trajaram à moda do Minho. Os carros de bois, engalanados e puxados por juntas de gado barrosão e maronês, transportaram desde a Rua da Estação até ao Largo da Serra, as ofertas para o leilão e o enorme pau onde foi colocada a bandeira com as cores da vila do Arco de Baúlhe. À ‘Erguida do Pau’ não faltou o típico leilão de oferendas para angariação de fundos para a Festa da Sra. dos Remédios.
De referir que estas festividades têm o seu ponto alto no primeiro fim-de-semana de setembro, onde são esperados milhares de romeiros não só do concelho de Cabeceiras de Basto, como de localidades e concelhos vizinhos. Esta romaria tem-se destacado pelo crescente dinamismo, empenho e dedicação da Comissão de Festas e pela adesão dos arcoenses e da população de outras freguesias limítrofes.
De salientar ainda que a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto tem vindo a apoiar, anualmente, estas festas em honra da Sra. dos Remédios.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.