Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 30-07-2012

SECÇÃO: Cultura

Atores, bombos e rancho surpreenderam nas 5ªs d’Ensaio

Bombos da Arborada juntaram-se à festa
Bombos da Arborada juntaram-se à festa
Nos últimos dias, o Centro de Teatro da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto (CTCMCB) tem dinamizado um conjunto de iniciativas que têm despertado a atenção de numeroso público de várias faixas etárias.
A iniciativa ‘5ªs d’Ensaio’, nos dias 19 e 26 de julho, surpreendeu os moradores e os transeuntes na Praça da República, onde os jovens atores e dois grupos do concelho convidados protagonizaram os ensaios públicos promovidos pelo CTCMCB.
O rufar dos Bombos da Arborada e as músicas e danças do Rancho Folclórico ‘Os Camponeses de Arosa’ atraíram ao centro da vila dezenas de pessoas.
Os jovens atores ensaiaram ao som dos tambores dos Bombos da Orada, da freguesia de Refojos, e aprenderam ‘Vira de Roda’ com ‘Os Camponeses de Arosa’, despertando a curiosidade dos que passavam a pé e de carro no centro da vila.
A iniciativa, que criou uma nova forma de aproximação entre os agentes culturais e sociais, teve como principal objetivo quebrar as rotinas de ensaio e surpreender os moradores e visitantes com a colaboração do movimento associativo concelhio.

Armando Luís – diretor artístico CTCMCB:
Nós estamos em intervalo entre produções e é fundamental que o ator se exercite com a música. Estávamos à espera do público porque as pessoas reagem ao som e aproximam-se com a curiosidade. Onde há bombos e folclore há festa.
As tradições estão a passar para as novas gerações e é essa a nossa gratificação: constatar que a tradição e a nossa cultura está bastante viva. Superou as expetativas.

Hélder Oliveira, 17 anos – Bombos da Arborada:
É a primeira vez que fazemos um ensaio público e é bom para divulgarmos o nosso trabalho.

Rancho Folclórico e atores dançaram o 'Vira de Roda'
Rancho Folclórico e atores dançaram o 'Vira de Roda'
Rodolfo Gonçalves, 13 anos – Bombos da Arborada:
Foi uma boa ideia organizar esta atividade e o ensaio correu muito bem.

Manuela Neiva – atriz CTCMCB:
Gostei muito deste ensaio público e para nós é sempre bom e gratificante poder divulgar o trabalho do Centro de Teatro. Com este ensaio ao ar livre o público fica a conhecer melhor o nosso trabalho.
Bárbara Badim, Rancho Folclórico ‘Os Camponeses de Arosa’:
Foi a primeira vez que fomos convidados para uma iniciativa deste género e foi bastante interessante.
Nós temos que dinamizar o rancho ao máximo esta iniciativa ajudou muito. Porque não levarmos alguns jovens a entrar no rancho?

Prof. Glória Sousa, Rancho Folclórico ‘Os Camponeses de Arosa’:
Foi muito animado. Dançamos, fizemos teatro e divertimo-nos. Os jovens mostraram que quando gostam se empenham ao máximo e fazem um trabalho a sério.

Francisca Magalhães, atriz do CTCMCB:
Não sabia dançar o rancho e foi uma experiência muito interessante porque o público se juntou a nós nas danças e brincadeiras. É muito difícil dançar folclore mas é muito bom.

Maria Gonçalves, espetadora:
Diverti-me muito. É a tradição na Praça da República. Esta juventude deve ter mesmo alguém que os incentive a valorizar a nossa cultura e era bom que assim continuassem.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.