Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 26-03-2012

SECÇÃO: Informação

Malfeitores vandalizam bulldozer e giratória

Máquina bulldozer foi alvo dos vândalos
Máquina bulldozer foi alvo dos vândalos
Na madrugada do dia 12 (segunda) para 13 (terça) de março, uma máquina bulldozer que se encontrava nos terrenos das futuras Oficinas da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto foi vandalizada. Os vândalos criminosos rebentaram o depósito de gasóleo, colocando terra no seu interior.
Ao que apuramos, a máquina bulldozer encontrava-se no local a proceder a trabalhos de execução de muros e movimentação de terras na obra de construção das futuras Oficinas Municipais e da Zona Industrial, na Ranha, freguesia de Abadim.
Este ato, verdadeiramente criminoso, está a provocar um atraso lamentável no decorrer das obras, com elevados prejuízos para o erário público, para Cabeceiras de Basto e para os Cabeceirenses.
Na mesma semana o cenário de destruição repetiu-se na obra de beneficiação da ER 311 – Ligação de Cabeceiras de Basto a Lodeiro d’Arque – Salto, Montalegre.
A máquina giratória da Câmara Municipal de Montalegre, que se encontrava a realizar os trabalhos de corte das curvas para o alargamento da estrada ER 311, na sequência da parceria encetada, foi também alvo dos criminosos.
Para além da tentativa de roubo de gasóleo, os bandidos colocaram açúcar no depósito, o que danificou gravemente o motor desta máquina pesada.
Segundo informação divulgada, o Município de Cabeceiras de Basto condena estes atos de destruição dos bens públicos, tendo já apresentado queixa contra desconhecidos na GNR, esperando que os responsáveis por estas malvadezes possam ser identificados e levados à Justiça o mais rapidamente possível.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.