Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 07-11-2011

SECÇÃO: Informação

Joaquim Barreto visitou sede do Banco de Terras da Galiza – Bantegal

Portugueses e Espanhóis unidos pela valorização do Mundo Rural
Portugueses e Espanhóis unidos pela valorização do Mundo Rural
O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, acompanhou, no dia 26 de Outubro, o Secretário de Estado das Florestas, Eng.º Daniel Campelo, numa visita à sede do Banco de Terras da Galiza – Bantegal – em Santiago de Compostela, Espanha.
Refira-se que Joaquim Barreto é um dos principais impulsionadores do Banco de Terras no Norte de Portugal, liderando o processo de constituição de um banco com características similares às da entidade galega.
Em Espanha, a comitiva portuguesa esteve reunida com o conselheiro do Meio Rural da Xunta da Galicia, Samuel Juaréz, com o director da Bantegal, Javier Blanco, com a directora do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galicia-Norte de Portugal (GNP-AECT), Dra. Elvira Vieira e com o secretário do GNP-AECT, Juan Lirón, entre outras individualidades ligadas ao sector.
Durante a visita, promovida pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galicia-Norte de Portugal, a comitiva portuguesa ficou a conhecer o modelo Galego do Banco de Terras, implementado há três anos.
O principal objectivo foi conhecer a experiência e boas práticas do Bantegal para impulsionar e desenvolver um projecto similar no Norte de Portugal.
No final da visita, o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, um dos principais impulsionadores do Banco de Terras no Norte de Portugal, enalteceu a organização pela programação e empenho demonstrados nesta visita ao Bantegal, que permitiu “obter esclarecimentos e ensinamentos sobre a forma como funciona o Banco de Terras da Galiza”.
“Estes contactos serão muito úteis para o início do nosso trabalho no Norte de Portugal e em Cabeceiras de Basto”, destacou Joaquim Barreto, que na oportunidade endereçou o convite às direcções do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galicia-Norte de Portugal e do Bantegal para visitarem Cabeceiras de Basto.
A visita ao Banco de Terras da Galiza constitui assim um ponto de partida para mais um projecto conjunto entre o território espanhol e português, onde se pretende fomentar o intercâmbio de experiências e ideias em torno da mobilidade e do aproveitamento de terras agrícolas e florestais na Galiza e em Portugal.
De salientar que o principal objectivo do GNP-AECT é, de acordo com a sua directora, Elvira Vieira, “impulsionar a cooperação entre os dois lados da fronteira, uma vez que o meio rural galego e o meio rural do Norte de Portugal sofrem dos mesmos problemas”, como é o caso da desertificação e da existência de terrenos improdutivos, que podem ser recuperados para a produção agrícola, contribuindo para o desenvolvimento das economias locais.


© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.