Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 17-10-2011

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara
Emunibasto apresenta relatório da Feira e Festas de S. Miguel e Agro-Basto

Sob a Presidência do Engº Joaquim Barreto, reuniu no dia 13 de Outubro, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.

Ronda das concertinas atraiu pessoas de todas as idades
Ronda das concertinas atraiu pessoas de todas as idades
Dos assuntos tratados, destaca-se a apresentação por parte da Emunibasto, do relatório síntese referente às Feira e Festas de S. Miguel – Festas do Concelho, que decorreram nesta vila de Cabeceiras de Basto, entre os dias 20 e 30 de Setembro, bem como à 35ª Agro-Basto- Exposição/Feira de Actividades Económicas de Basto, realizada de 23 e 29 do mesmo mês.
Festas que integraram um programa vasto e diversificado que proporcionou aos Cabeceirenses e a milhares de visitantes, ao longo dos onze dias, um conjunto de actividades e acções que atraíram muito público de diferentes faixas etárias, demonstrando assim ser do interesse e gosto geral. Foram iniciativas que, mantendo as tradições, animaram o concelho e promoveram o património e a cultura locais.
O documento destaca a majestosa procissão de S. Miguel, o cortejo etnográfico, com a participação de dezasseis Juntas de Freguesia, o folclore, as corridas de cavalos, a vacada, as chegas de bois, a ronda das concertinas, o encontro de onze grupos de bombos e tanta outra animação.
Como habitual, a Festa decorreu em diversos espaços da vila, enquanto que a Agro-Basto se desenvolveu no espaço que há muito lhe está destinado, ou seja, a Praça Arcipreste Francisco Xavier de Almeida Barreto, o mercado e o mercado de gado, criando-se assim, dinâmicas em diferentes locais que contribuiram para a animação socioeconómica do tecido empresarial da vila.
Chegas de bois registaram enchente
Chegas de bois registaram enchente
Após conhecer o documento, a Câmara Municipal aprovou por unanimidade uma tomada de posição, na qual se congratulou com “os resultados financeiros desta iniciativa que, ao longo de onze dias de festa, proporcionou aos residentes e visitantes, um conjunto de acções e eventos que atraiu públicos de todas as faixas etárias, crianças, jovens, adultos e seniores, sem, contudo, ter sido necessário recorrer a espectáculos megalómanos de custos muito elevados, que, em tempo de dificuldades da região, do país e do mundo, seriam de difícil compreensão para a maioria dos cidadãos. O que foi feito foi suficiente e contribuiu de forma notória para a promoção e prestígio do concelho”, lê-se no documento.
A este propósito a Câmara Municipal agradeceu a todas as pessoas singulares e colectivas (Associações e outras entidades públicas, nomeadamente as Juntas de Freguesia), identificadas no referido relatório, que colaboraram e apoiaram as Feira e Festas de S. Miguel e Agro-Basto 2011, reconhecendo que essa cooperação foi muito importante e muito contribuiu para o sucesso das mesmas. O documento segue agora para a Assembleia Municipal para conhecimento.




© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.