Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 03-10-2011

SECÇÃO: Informação

Delegação francesa de Rives de visita a Cabeceiras de Basto

Comitiva de Rives acompanhada pelo Presidente da Junta de Freguesia de Refojos recebida na Câmara Municipal
Comitiva de Rives acompanhada pelo Presidente da Junta de Freguesia de Refojos recebida na Câmara Municipal
O presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Eng.º Joaquim Barreto, recebeu no dia 23 de Setembro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, uma delegação de Rives, França. A comitiva, composta por 24 elementos, entre os quais autarcas, ciclistas e pintores, apresentou cumprimentos ao presidente da Câmara Municipal, numa breve cerimónia em que esteve também, Francisco Alves, Presidente da Junta de Refojos, freguesia com quem aquele município da região de Grenoble se encontra geminado.
No concelho, desde o dia 21 de Setembro, os franceses chegaram em dois grupos, já que os ciclistas optaram pela bicicleta como meio de transporte, demorando doze dias a chegar a Cabeceiras de Basto, o que ocorreu no dia 22 de Setembro, pelas 13h00m. Amavelmente recebidos em Chaves por ciclistas da Associação cabeceirense ‘Os Roladores de Basto’, os atletas portugueses e franceses pedalaram juntos rumo à Praça da República, nesta vila, onde foram entusiastamente recebidos. Após a instalação em casas de turismo rural, a comitiva participou em diversos actos municipais e da freguesia, partilhando conhecimentos e solidificando os laços de amizade estabelecidos entre estas duas comunidades. Recorde-se que Rives acolhe há décadas, um grande número de Cabeceirenses que ali se fixou para residir e para trabalhar.
Era por isso, visível a satisfação de franceses e portugueses, aquando da recepção que teve lugar na sede da Junta de Freguesia de Refojos, no dia 22 de Setembro ao fim da tarde. Uma cerimónia a que se associou também o edil cabeceirense, Engº Joaquim Barreto e demais autarcas da freguesia e do município. Na oportunidade, Francisco Alves, agradeceu a presença de todos, manifestando a sua satisfação pela realização deste tipo de iniciativas que permitem estabelecer intercâmbios em diversas áreas e ajudar a cimentar a relação de amizade que os dois povos decidiram assumir. Da mesma opinião partilhou o autarca Ali Zerizer que, em representação do Município de Rives, disse ser com grande alegria que visitam uma vez mais Portugal, concretamente Cabeceiras de Basto, com quem encetaram esta geminação e com quem pretendem prosseguir esta partilha de modus de vida.
foto
Nos Paços do Concelho, o edil cabeceirense saudou a comitva, fez um enquadramento histórico e sócio-económico desta terra de Basto, assim como, a forma como o Municípo está organizado, os serviços que presta e os sectores onde tem competências para intervir. Manifestou igualmente, o seu contentamente pela realização deste tipo de permutas, seja de âmbito desportivo, cultural, institucional ou outros, que são sempre profícuos, já que ajudam a consolidar o espírito das geminações, que considera serem um relevante contributo para a aproximação dos povos. As geminações não devem ser meros documentos assinados entre autarcas, mas fomentar a partilha de conhecimentos e vivências através da promoção de diversas acções que envolvam as pessoas das duas terras irmanadas. A este propósito lembrou que em Cabeceiras de Basto há quatro geminações, sendo três estabelecidas com municípios franceses e uma com um município africado.
No final, o autarca agradeceu a visita da comitiva ao nosso país, mais precisamente a Cabeceiras de Basto, acrescentando que “esta é mais uma acção concreta que se desenvolve”, referindo-se à geminação entre a freguesia de Refojos e a congénere de Rives, que tem como principais objectivos o desenvolvimento de actividades e o aprofundar de relações entre as duas populações. Desejou “que esta relação se possa desenvolver e fortalecer”.
Após uma troca de lembranças, a comitiva prosseguiu o programa dedicado à visita de diversos equipamentos públicos e ao património de Cabeceiras de Basto. Durante a sua estada no concelho, a comitiva integrou-se na vivência festiva que por estes dias invade Cabeceiras de Basto, havendo ainda espaço, para a realização de reuniões que permitiram delinear acções a desenvolver no próximo ano, entre as quais uma exposição de pintura com telas alusivas a este concelho de autoria de artistas francesas.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.