Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 03-10-2011

SECÇÃO: Informação

Câmara apoia obras de beneficiação na Igreja Paroquial de S. Miguel de Refojos

Sob a presidência do Engº Joaquim Barreto, reuniu no dia 8 de Setembro, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Dos assuntos tratados, o destaque foi para a decisão do executivo municipal em apoiar, entre outras, a Fábrica da Igreja Paroquial de S. Miguel de Refojos com um montante de 21.606,00 euros, destinado à realização imediata de obras de beneficiação dos telhados da Capela do Santíssimo Sacramento, Sacristia e Coro Alto (espaço onde se encontram instalados os foles do órgão de tubos deste templo), cuja infiltração de água e a existência de humidades contribui para a sua deterioração.
De referir que a Câmara Municipal tem vindo ao longo dos anos, em colaboração com a Paróquia de Refojos, a intervir naquela Igreja, seja ao nível das coberturas, das talhas, limpezas exteriores, pinturas, entre outros trabalhos levados a cabo com o objectivo de salvaguardar e dignificar este importante património concelhio que o passar dos séculos vai exigindo intervenções várias.

foto
Trata-se de um Imóvel de Interesse Público Classificado pelo Decreto n.º 23123, de 11 de Outubro de 1933, que a Autarquia Cabeceirense tem procurado valorizar, intervindo não só no edifício, como na envolvente deste vetusto Mosteiro. “Jóia monumental do Barroco português”, a sua construção reflecte, entre outros, os contributos de sumidades como o arquitecto bracarense André Soares, o entalhador beneditino Fr. José de Stº António Ferreira Vilaça ou Francisco Solla, artista espanhol de renome a quem se atribui a construção do Ógão de Tubos, digno de admiração e que a Câmara de Cabeceiras de Basto após mais de oito décadas de silêncio e aturadas diligências, conseguiu recuperar e devolver o seu som à população.
Digna de admiração também é a Capela do Santíssimo, cujos telhados vão ser alvo de intervenção imedita. A sua construção de forma saliente em figura octogonal no braço direito do transepto, que veio favorecer o desenvolvimento de cerimónias na capela-mor, possui sobre o altar um notável Crucifixo e, nas paredes, duas telas sobre os temas do Maná e da Eucaristia da Última Ceia, ali colocadas no triénio de 1789 e de possível autoria do pintor beneditino Fr. José da Apresentação ou José Teixeira Barreto.
Trata-se por isso, de um belíssimo monumento cujas obras de restauro e conservação, a Câmara Municipal tem vindo a apoiar ao longo dos últimos anos.
Executivo apoia colectividades
Na reunião, o executivo, decidiu igualmente atribuir um apoio financeiro e logístico, no valor de 1000 euros, ao Grupo Motard ‘Os Bastos’ destinado à realização do convívio anual que agrega centenas de motard’s não só do concelho, como da região.
A Associação Contacto Futsal Clube, recebeu também, um apoio logístico na ordem dos 350 euros, no âmbito da realização do Baile de Estrelas que esta colectividade promove anualmente nos Claustros do Mosteiro, aquando das festas de S. Miguel de Refojos, tradicionalmente realizadas de 20 a 30 de Setembro.
Por fim, o executivo registou o envio de duas missivas, do Grupo Desportivo de Cavez e do Regimento de Cavalaria nº 6, respectivamente, a agradecer toda a colaboração do Município Cabeceirense quer na realização das provas de atletismo de S. Bartolomeu, que decorreram na freguesia de Cavez no passado mês de Agosto, quer no apoio prestado no âmbito das comemorações do tricentésimo segundo aniversário do RC6.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.