Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 08-09-2011

SECÇÃO: Informação

Banco Local de Voluntariado de Cabeceiras de Basto promoveu recolha de géneros alimentares

Dinamizada pelo Banco Local de Voluntariado de Cabeceiras de Basto, decorreu nos dia 16, 19 e 20 de Agosto, uma recolha de géneros alimentares, em vários estabelecimentos do concelho.

20 voluntários participaram na campanha
20 voluntários participaram na campanha
Uma iniciativa que envolveu vinte voluntários, de diferentes faixas etárias da população, desde os mais jovens aos menos jovens, que aderiram ao projecto e que durante estes dias permaneceram em dez estabelecimentos comerciais (Viva Aqui, Gonçalves e Oliveira, Supermercado das Acácias, Supermecado S. Miguel, Doce Novelo, Loja dos 300 do Quinchoso e da Boavista, Carlos e Paulino e Maver), localizados nas vilas de Cabeceiras de Basto e Arco de Baúlhe, a quem a organização agradece, assim como a todos os que contribuiram para o êxito desta iniciativa.
Açucar, arroz, enlatados, azeite, bolachas, cereais, farinha, leguminosas secas, leite, massa, óleo, entre outros produtos para consumo a curto e médio prazo foram recolhidos durante os três dias em que decorreu esta campanha solidária. A generosa quantidade de alimentos doados, serão agora armazenados por uma equipa de quinze voluntários que integra também beneficiários do Rendimentos Social de Inserção, num local apropriado com o objectivo de dar resposta pontual à necessidade de famílias em situação de maior vulnerabilidade sócio-económica, a sinalizar pelas instituições com intervenção social do concelho.
Esta é a primeira iniciativa do género levada a cabo este ano no concelho, prevendo-se a realização de outras semelhantes até Dezembro de 2011, abrangendo no entanto, um maior número de estabelecimentos comerciais e de voluntários.
População aderiu positivamente
População aderiu positivamente
Recorde-se que o Banco Local de Voluntariado, criado em Cabeceiras de Basto, em 2008, é uma estrutura que visa incentivar e promover o trabalho voluntário no concelho, integrando os munícipes que queiram prestar serviço voluntário nas diversas instituições ou entidades concelhias.
As áreas de actividade, onde é possível exercer ou apresentar projectos de voluntariado, são diversas e disponibilizam oportunidades de enquadramento de interesse social e comunitário tais como educação, solidariedade social, saúde, cultura, desporto e ambiente.
Neste espaço de encontro, os voluntários oferecem as sua disponibilidade para realizar um conjunto de acções inerentes à condição de cidadania activa e solidária às organizações promotoras. Promover o encontro entre a oferta e a procura de voluntariado, fomentar a prática do mesmo a favor da comunidade, formar voluntários e agentes institucionais no âmbito da prática do voluntariado e divulgar programas e oportunidades nesta área, são os principais objectivos deste tipo de estruturas agregadoras de cidadãos de todas as idades.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.