Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 08-09-2011

SECÇÃO: Informação

Autarquia estabelece parcerias

Câmara "cede" salas da EB1 de Outeiro à ACBO e Fábrica da Igreja
Câmara "cede" salas da EB1 de Outeiro à ACBO e Fábrica da Igreja
Na reunião, o executivo decidiu aprovar o Plano de Transportes Escolares para o Ano Lectivo 2011/2012, que já havia recolhido parecer favorável do Conselho Municipal de Educação. Neste sector, a Câmara decidiu também estabelecer um acordo de colaboração com o Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto, referente ao Programa das Actividades de Enriquecimentos Escolares para o ano lectivo que se avizinha.
Também com a Associação de Comedores e Bebedores de Outeiro, foi decidido estabelecer um acordo de colaboração tendo em vista a disponibilização de uma sala de aulas da EB1 de Outeiro destinada à sua sede social e para apoio à realização de actividades recreativas e culturais por si prosseguidas naquela freguesia e dirigidas à comunidade local. A Câmara decidiu estabelecer igual acordo com a Fábrica da Igreja de Outeiro, ao disponibilizar as salas de aulas daquela escola básica, para aí ministrar a catequese para crianças e jovens da freguesia.
No que às parcerias diz respeito, o executivo decidiu também celebrar um protocolo com a Associação de Defesa dos Interesses Agrícolas, Florestais e Animais, com sede no lugar de Eiró, na freguesia de Riodouro, neste concelho, destinado à cedência do Campo de Chegas de Bois de Abadim, de que a Câmara Municipal é proprietária, para que aí possam desenvolver algumas iniciativas, nomeadamente chegas de bois, tradição antiga muito apreciada pela população local.

Zona Industrial de Abadim avança

Ainda na reunião, a câmara decidiu aprovar a nova proposta de operação de loteamento da Zona Industrial da Ranha, na freguesia de Abadim. Esta implica a diminuição do número de lotes, passando de 20 para 13 e aumentando as áreas dos mesmos. Foram também aprovadas as condições gerais de venda dos referidos lotes existentes nesta Zona Industrial.
O executivo municipal decidiu aprovar a alteração à Tabela de Taxas, Tarifas e Licenças Municipal, que tem como objectivo aproximar e ajustar as tarifas das actividades de exploração dos sistemas municipais aos respectivos custos directos e indirectos que o Município suporta com o fornecimento de bens e serviços à população. Decidiu também aprovar a proposta de aplicação de taxas de IMI para o ano 2012, nomeadamente aos prédios rústicos (0,8%), prédios urbanos ainda não avaliados nos termos do CIMI (0,7%) e prédios urbanos já avaliados nos termos do CIMI (0,35%). Estas duas propostas serão agora submetidas à Assembleia Municipal para apreciação e votação.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.