Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 08-09-2011

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara
Adjudicada a 2ª fase da construção da estrada Lamas - Barbeito - Sobreira

Ainda na sequência das principais deliberações tomadas na última reunião camarária, o executivo municipal decidiu avançar com vários projectos e estabelecer algumas parcerias com associações e colectividades locais.

foto
Neste âmbito, a Câmara decidiu aceitar os erros e omissões identificados pelos concorrentes nas listas apresentadas no âmbito do Concurso Público para a empreitada de ‘Eliminação dos pontos negros no concelho de Cabeceiras de Basto (construção da Estrada Lamas – Barbeito – Sobreira)’ – 2º fase.
Trata-se de uma importante obra que vai facilitar a circulação viária na freguesia de Refojos, freguesia sede desta vila Cabeceirense. Em fase adianta de construção, esta nova via, que em breve será pavimentada, permite também criar novas bolsas de desenvolvimento e expansão urbana, numa das vilas mais populosas do concelho.
Concluídos que foram o rompimento, a compactação da plataforma da estrada, a construção de muros de contenção e as vedações das propriedades acordadas, a Câmara Municipal avança agora com a pavimentação desta Variante Sul, numa extensão aproximada de 1 Km, que inclui também o rompimento e a pavimentação de uma ligação, com 380 metros de comprimento, entre as rotundas do Barbeito e a Avenida Capitães de Abril.
A empreitada desta fase atinge um montante global de 1.014.379,79 euros (iva incluído).
O executivo autorizou ainda, a abertura do concurso público para a empreitada de ‘Construção da Ecopista da Linha do Tâmega - troço de Cabeceiras de Basto’. Uma obra, cujo investimento global foi reforçado tendo em vista a recuperação de cerca de 6 quilómetros de via ferroviária existentes no concelho. Um troço que integra os 42 quilómetros da Linha do Tâmega, que abrange os municípios de Cabeceiras de Basto, Celorico e Amarante, que doravante terá uma componente essencialmente turística e de lazer dirigida a veículos não motorizados e a pedestrianos.
O executivo municipal decidiu ainda autorizar a abertura do procedimento por ajuste directo para a prestação de serviços destinados à elaboração do projecto de execução para a ‘construção do Parque de Campismo em Vinha de Mouros’. Uma infra-estrutura a projectar nos terrenos contínuos a equipamentos municipais como o Centro Hípico, o Centro de Educação Ambiental, a Piscina Descoberta e o Polidesportivo ali localizados e que conferem ao local condições propícias para o lazer e para a ocupação dos tempos livres.
A Câmara aprovou ainda o Projecto IPEAVE – Iluminação Pública Eficiente no Ave, projecto previsto para o Município de Cabeceiras de Basto e que tem inerente a colocação de reguladores de fluxos de energia pública em diversos locais, por forma a atenuar os custos com a iluminação pública.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.