Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 17-01-2011

SECÇÃO: Informação

Câmara adjudica novo Centro Escolar e ECOPISTA

foto
A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, decidiu adjudicar a execução da Ecopista da linha do Tâmega, no troço pertencente a este concelho. Um investimento de 100.399,90 euros, que viabiliza assim, um projecto antigo, resultante de um protocolo estabelecido com a REFER em 2007, tendo em vista a reconversão da antiga linha do comboio do Vale do Tâmega em Ecopista, permitindo a sua utilização para percursos pedestres, de bicicleta ou qualquer outra não motorizada.
Esta Ecopista permitirá à população residente e aos visitantes, um contacto mais próximo com o património natural, nomeadamente, as paisagens verdejantes, as aldeias e o rio Tâmega, assim como com o património arquitectónico e histórico, de que é exemplo a Estação do Arco de Baúlhe, onde actualmente está instalado o Museu Terras de Basto. Uma vez executada, esta Ecopista pode igualmente servir de ponto de partida para visitas a locais como o Mosteiro de S. Miguel de Refojos, o Centro de Educação Ambiental de Vinha de Mouros, o Centro Hípico, a Pista de Pesca Desportiva de Cavez, entre outros motivos de interesse existentes no concelho.
A utilização desta plataforma, para adaptação e utilização como Ecopista tem por isso, fins turísticos e/ou de lazer. Assim sendo, durante 25 anos, as obras de limpeza, reabilitação, adaptação e conservação são suportadas pela Autarquia Cabeceirense, contribuindo desta forma, para uma melhor conservação de parte da antiga Linha Ferroviária do Tâmega, assim como para o desenvolvimento de projectos lúdicos, sociais e desportivos, dinamizando esta infra-estrutura, à semelhança do que a Câmara já havia feito quando decidiu recuperar e adaptar a antiga estação de caminhos de ferro da vila do Arco de Baúlhe, num equipamento cultural de importante dimensão.

Grande Remodelação
do Centro Escolar de Refojos II
Aberto o Concurso Público para
a empreitada
foto
de construção

O executivo decidiu ainda proceder à abertura o Concurso Público para a empreitada de Grande Remodelação do Centro Escolar de Refojos II. Trata-se de uma obra cuja execução representa um investimento na ordem dos 149.639,36 euros e que permitirá reformar a antiga escola do primeiro ciclo da sede da vila cabeceirense, agora devoluta e desadaptada às novas exigências educativas. Com a abertura do concurso público estão assim reunidas condições para avançar com a transformação desta antiga escola básica do primeiro ciclo, num novo Centro Escolar localizado na vila de Cabeceiras de Basto.
Recorde-se que, na sequência da implementação da Carta Educativa do concelho de Cabeceiras de Basto foi construído o Centro Escolar de Refojos que acolheu todas as turmas do 1º ciclo que funcionavam na antiga EB1 de Refojos. Apesar destas alterações, esta mudança no panora-ma das infra-estruturas concelhias da educação pré-escolar e do 1º ciclo do ensino básico não ficou concluída.
Uma vez remodela esta antiga escola Básica que em breve, dará lugar a um novo Centro Escolar, terá capacidade para receber 4 turmas do pré-escolar e 8 turmas do 1º ciclo.

Câmara apoia Fábica da Igreja Paroquial de Sta Senhorinha e Cavez Clube de Caça e Pesca

O executivo municipal decidiu apoiar logistica-mente a Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Senhorinha. Um apoio quantificado em 271 euros, destinado à criação de condições para a realização do I Encontro de Grupo Corais inter paroquial a realizar no póximo Sábado, dia 15 de Janeiro, pelas 21h00m.
A Câmara decidiu igualmente ratificar o protocolo celebrado entre o Cavez, Clube de Caça e Pesca, que estabelece as obrigações e os direitos de cada uma das partes na realização da montaria ao javali a ter lugar no dia 15 de Janeiro, naquela freguesia ribeirinha do Tâmega.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.