Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-11-2010

SECÇÃO: Informação

Em Cabeceiras de Basto
BASTO VIDA – Cooperativa de Interesse Público inicia actividade

Cooperantes e dirigentes aquando da tomada de posse
Cooperantes e dirigentes aquando da tomada de posse
A BASTO VIDA – Serviços de Acção Social e Cuidados de Saúde é uma Cooperativa de Interesse Público de Responsabilidade Limitada, cujo capital social está repartido entre a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, com 80%, e os restantes 20%, por outros cooperantes singulares ou colectivos.
Esta Cooperativa tem como objecto a prestação de serviços de interesse geral e a promoção do acesso dos cidadãos a bens e serviços essenciais, designadamente apoio social e cuidados de saúde, na área do Município de Cabeceiras de Basto e no âmbito das atribuições e competências fixadas aos Municípios.
Dr. China Pereira, presidente do Conselho Fiscal no uso da palavra
Dr. China Pereira, presidente do Conselho Fiscal no uso da palavra
A Assembleia de Fundadores realizou-se no passado dia 21 de Outubro seguida de imediato da cerimónia de tomada de posse dos elementos que integram os seus Órgãos Sociais e que ficaram assim constituídos: o Sr. Fernando Basto, Presidente da Assembleia-geral, sendo Vice-Presidente o Dr. António Pinto, Secretária a Dra. Paula Gonçalves e suplente o Sr. Armando Duro. Na Direcção, a Presidência é ocupada pelo Eng. Joaquim Barreto, em representação da Câmara Municipal, sendo substituído nas suas faltas ou impedimentos pelo Dr. Jorge Machado. Tesoureira e Secretária da Direcção são a Dra. Rosa Miranda e a Dra. Catarina Ramos, respectivamente, sendo o Eng. Manuel Ramos Pereira, suplente. No Conselho Fiscal, o presidente é o Dr. China Pereira, sendo substituído nos seus impedimentos pelo Dr. Mário Machado Oliveira. Os Vogais deste órgão são o Dr. Maia Ramos e o Sr. Francisco Alves e suplente o Sr. Carlos Augusto Teixeira.
Na oportunidade, o Eng. Joaquim Barreto, afirmou: «a retirada ou a redução de serviços públicos do interior do país, justificam esta decisão de criar esta Cooperativa. Ela é o ponto de partida importante para o aumento de respostas sociais e de saúde às populações de Cabeceiras de Basto. Irá constituir-se com IPSS – Instituição Particular de Solidariedade Social – não para substituir as existentes, mas para dar as respostas que ainda não temos e que essas Instituições não podem dar. Esperamos transformar os Espaços de Convívio e Lazer em Centros de Dia, apoiar o Banco Local do Voluntariado e intervir no sector dos cuidados de saúde. Estamos preparados para assumir outras responsabilidades, se essa for a melhor solução para as populações, nomeadamente ao nível da gestão dos serviços de saúde» A encerrar a sua intervenção, o Presidente da Direcção, solicitou desde logo a colaboração dos restantes cooperantes, tendo em vista a elaboração dos Planos de Actividade da Basto Vida. O Dr. China Pereira congratulou-se com esta decisão de criação de um Régie Cooperativa, salientando que ela pode vir a ser alternativa ao eventual fecho do Serviço de Atendimento Permanente.


© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.