Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 12-07-2010

SECÇÃO: Informação

Guias da Natureza: uma história de sucesso

foto
Desde jovem que aprecio os passeios pelos montes e vales da minha terra natal, Cabeceiras de Basto. Local muito bem preservado ao nível ecológico, tem riquezas naturais ainda pouco exploradas, ou mesmo por explorar, o que me levou a enveredar por uma carreira relacionada com o apreciar das maravilhas que nos são dadas a apreciar pela Natureza.
Se eu estivesse a decidir actualmente que curso superior frequentar, seria sem dúvida a Licenciatura em Guias da Natureza, pois reconheço o potencial que poderá ter não só nos Açores, onde vivo, mas também em locais com uma riqueza natural tão interessante e diversificada, como a região de Basto.  É, na minha óptica, um curso orientado para as necessidades de quem quer apostar no conhecimento e promoção da Natureza e actividades ao ar livre. Venho assim dar a conhecer um pouco o curso, algo em que acho valer a pena reflectir como opção de futuro para jovens da nossa região.
A Universidade dos Açores deu início, no ano lectivo de 2006/2007, à licenciatura em Guias da Natureza, na unidade orgânica de cariz Politécnico em Tecnologia e Administração de Angra do Heroísmo.
foto
Os Açores, ilhas de um grande esplendor de natureza exótica, são de facto uma região privilegiada para este curso pois têm sabido manter um equilíbrio entre as políticas ambientais e o desenvolvimento da indústria, do comércio e do eco-turismo, ao mesmo tempo que a Universidade local tem realizado um grande esforço de conhecimento do meio.
Faz assim todo o sentido que, numa Região onde há uma estratégia de desenvolvimento sustentado e um profundo conhecimento do meio, se formem pessoas com capacidade para explorar e gerir esse mesmo meio.
O objectivo deste curso é então a formação de profissionais que, de uma forma genérica, se poderiam chamar de operacionais do ambiente e da natureza, com capacidade para vigilância e acompanhamento de ecossistemas terrestres e costeiros, detecção de anomalias de origem natural e humana e activação dos respectivos procedimentos, acompanhamento de grupos de turistas, visitas de estudo e missões de carácter científico ou recolha de amostras destinadas a trabalhos científicos ou de rotina. Os licenciados em Guias da Natureza poderão exercer funções de: Vigilantes da natureza; Técnicos de qualidade ambiental; Peritos em logística de operações; Técnicos de áreas protegidas; Operacionais de protecção civil.
foto
Já várias pessoas aceitaram este desafio e completaram-no com sucesso. Os primeiros finalistas foram 22 e terminaram a sua licenciatura em 2009 e destes, passados apenas 6 meses, mais de 90% estão já integrados no mundo do trabalho, predominantemente na área do Ambiente.
Estão actualmente inscritos neste curso 75 alunos (distribuídos nos 3 anos) a viver aquela que é definida como uma das melhores fases de suas vidas. Entre noites de estudo (e da chamada “vida académica”) e dias de aulas, estes alunos aprendem a conhecer e explorar o mundo nas suas mais variadas vertentes. Durante esta formação são várias e intensas as viagens, desde as pessoais até às académicas. A aventura e as viagens aos extremos são factores comuns, percorrendo trilhos desde a montanha até ao mar, do natural ao construído, experimentando as emoções da escalada ao mergulho. Os próprios alunos relatam as suas experiencias e aventuras em http://guiasdanatureza.blogspot.com/ e
foto
http://naturaazores.blogspot.com/.
Esta licenciatura é uma escolha frequente para aqueles que já estando empregados se sentem motivados a melhorar a sua formação sendo uma parte dos alunos trabalhadores estudantes (8% dos inscritos).
Para saber mais informações sobre esta Licenciatura consulte o site do Curso de Guias da Natureza, http://www.angra.uac.pt/LGN/ ou para mais detalhes escreva para geva@uac.pt

Dinis Pereira
e Cândida Mendes

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.