Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 31-05-2010

SECÇÃO: Informação

Percurso pedestre do Pisão “desvenda” riquezas naturais

Dezenas de pessoas participaram neste percurso na freguesia de Riodouro
Dezenas de pessoas participaram neste percurso na freguesia de Riodouro
No dia 29 de Maio, a jornada desportiva prosseguiu, desta feita com a realização do percurso pedestre do Pisão que agregou dezenas de participantes, que pela manhã partiram de Cabeceiras de Basto para iniciar uma jornada de conhecimento e contanto com a natureza local. O percurso do Pisão, que começa na aldeia de Formigueiro e passa pela aldeia de Moscoso, na freguesias de Riodouro, é um dos mais atractivos e belos percursos naturais do município de Cabeceiras de Basto. Um percurso (dificuldade moderada/5,5 km), desenvolveu-se na encosta do Vale da Ribeira de Cavez, enquadrado numa paisagem deslumbrante. A beleza do Nariz do Mundo, nome pelo qual este vale é conhecido, resulta da harmonia e dos contrastes entre diversos elementos da paisagem. A Ribeira de Cavez atravessa este vale com um curso de água gerando em certos locais cascatas espectaculares e noutros poços de água que são um convite irrecusável a um agradável banho. Os participantes neste percurso tiveram ainda oportunidade de visitar a aldeia de Formigueiro com vestígios Proto-Históricos, o Picoto do Crasto ou Moscoso (um dos mais belos pontos da Serra da Cabreira), moinhos de água, povoamentos florestais caracterizados por espécies resinosas, como o eucalipto e o carvalho, algumas espécies raras de aves como o falcão-peregrino e águia d’asa-redonda.
No final desta jornada, a opinião geral foi unânime ao afimar que Cabeceiras de Basto é um município com muitas potencialidades para oferecer.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.