Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 15-02-2010

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara
Construção do Centro Escolar de Arco de Baúlhe avança

Sob a presidência do Engº Joaquim Barreto, reuniu no dia 11 de Fevereiro, no edifício dos Paços do Concelho, a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto.
Segundo informação divulgada, dos assuntos tratados, o destaque foi para a decisão do executivo municipal em autorizar o ajuste directo e entrega da obra de construção do centro escolar de Arco de Baúlhe. Uma decisão aprovada com os votos favoráveis dos vereadores do PS e com os votos contra dos vereadores do PSD.
Estrategicamente planeado, o novo edifício localizar-se-á na proximidade de vários equipamentos municipais situados no Arco de Baúlhe, como são a Biblioteca, a Piscina e o Pavilhão Gimnodesportivo, daí resultando beneficíos para comunidade escolar abrangida pelo novo e moderno estabelecimento de ensino.

foto
Trata-se, por isso, de um investimento projectado para terrenos acoplados à Escola EB 2,3 daquela vila Arcoense, que representa um valor de 1.220.625,00 euros e cuja construção está prevista na Carta Educativa concelhia. Recorde-se que este documento respiga um conjunto de propostas e soluções que foram o culminar de um trabalho realizado ao longo dos últimos anos [desde 2004], envolvendo vários agentes ligados ao sector da educação tais como, autarcas, associações de pais, representantes dos ensinos pré-escolar e básico público, Direcção Regional de Educação do Norte, Juntas de Freguesia, instituições de solidariedade social, serviços públicos de Saúde, serviços de Segurança Social, serviços de Emprego e Formação Profissional, das forças de segurança, entre outros, tendo por base o diagnóstico dos principais problemas educativos do concelho. A Carta Educativa é assim, um importante documento, pensado à luz das novas realidades demográficas do território, das condições sócio-económicas e da concretização do conceito de “escola a tempo inteiro”, para todas as crianças. A Câmara Municipal espera, que desta profunda transformação em curso que implica a construção de estabelecimentos de ensino, novos e modernizados, resultem melhores condições para o sucesso escolar e educativo da sua população mais jovem, numa aposta clara na qualificação dos cabeceirenses.
Arco Rotações recebe apoio para X Passeio de Motos TT
Ainda nesta reunião, o executivo municipal decidiu apoiar o Arco Rotações Clube, através da atribuição de um montante no valor de 1.250,00 euros destinado a ajudar a custear as despesas tidas com a realização do X Passeio de Motos TT, realizado no dia 6 de Fevereiro e que mobilizou centenas de participantes.

Autarquia apoia Fábrica da Igreja de Outeiro

O executivo municipal deliberou igualmente apoiar a Fábrica da Igreja Paroquial de Outeiro, através da cedência temporária das instalações da Escola do 1º Ciclo da Sobreira, naquela freguesia, tendo em vista a realização de reuniões com os pais e paroquiais sempre que necessário, assim como, o ensino da Catequese.

Presidente da Câmara de Cabeceiras de Basto representa ANMP em diversos organismos

A Câmara reunida tomou ainda conhecimento da missiva enviada pela ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses, a informar da nomeação do edil Cabeceirense, Engº Joaquim Barreto, como representante da ANMP nos seguintes organismos: Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável (CNADS); Comité de Acompanhamento do Programa de Desenvolvimento Rural do Continente (PRODER); Comissão Nacional da Reserva Ecológica Nacional; Comissão Nacional para a Valorização dos Territórios Comunitários (Baldios) e Comissão Distrital de Protecção Civil de Braga.

Clube reforça terrenos do Clube de Caça e Pesca de Arco de Baúlhe

Nesta reunião, o executivo autorizou também a doação de uma parcela de terreno com 4.000m2 ao Clube de Caça e Pesca de Arco de Baúlhe, destinado à beneficiação das infra-estruras daquele Clube cujo espaço existente não dispõe de condições suficientes para o desenvolvimento das suas actividades.
Por fim, foi ainda aprovado o projecto de execução para o “Arruamento das Tojeirinhas ao Caneiro”, na vila de Arco de Baúlhe, bem como, adoptados os procedimentos por concurso público internacional para o Fornecimento de Gasóleo Rodoviário para o ano de 2010. A Câmara Municipal decidiu também criar uma secção autónoma para avaliação do pessoal não docente afecto aos Municípios, uma decisão decorrente da legislação em vigor.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.