Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 14-12-2009

SECÇÃO: Opinião

“O Natal é de todos”

foto
O Natal é obviamente a quadra mais linda do ano.
 Mas, porque será que os homens não trabalham para que haja Natal todos os dias?
 Se somos todos irmãos, porquê tantas guerras?
 Porquê tanto ódio?
 Não. Algo vai mal, muito mal, neste pobre planeta em que nos matamos uns aos outros.
 No passado, éramos confrontados com a fome, com a miséria e a perseguição política.
 E hoje?
Bom. Hoje, continuamos com fome, com miséria, com perseguição política e com uma percentagem de desemprego de que não há memória.
  Os ricos, estão cada vez mais ricos; enquanto os pobres, estão cada vez mais pobres.
 Não há trabalho, não há emprego, não há sustentação possível da excessiva despeza que possuímos.
 Que soluções?
Que esperanças?
 Não sei.
Se, há fé e se há um DEUS, que nos vê e que nos ouve, só ele nos pode salvar.
 O DEUS, TODO PODEROSO,que lá do mais alto dos Céus, nos fiscaliza e nos conduz em cada dia, que nos abençôe e nos salve desta maldição.
 Natal, Natal, Natal...!
 Que por toda a região haja Natal.
 Que o MENINO JESUS, interceda por todos nós, junto do Seu Pai, para bem da humanidade.
Deste cantinho de Mondim, que também é Basto, um SANTO NATAL, para todos os meus irmãos Cabeceirenses.

Por: José Teixeira da Silva

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.