Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 12-10-2009

SECÇÃO: Política

O PARTIDO SOCIALISTA GANHOU AS ELEIÇÕES LEGISLATIVAS
JOSÉ SÓCRATES SERÁ DE NOVO O PRIMEIRO-MINISTRO DE PORTUGAL

PS ganha folgadamente em Cabeceiras de Basto (50,3%)
e no distrito de Braga (41,74%)

foto
O Partido Socialista ganhou as eleições nacionais legislativas realizadas no passado dia 27 de Setembro com 2.077.695 votos (36,55%) tendo conseguido eleger 97 deputados. O PSD ficou em segundo lugar com 1.654.777 votos (29,22%) e 87 deputados. O CDS/PP conseguiu 10,43% dos votos tendo eleito 21 deputados, o BE com 9,82% elegeu 16 deputados e o PCP/PEV 15 deputados com 7,86%.
Com estes resultados verificou-se que o PS perdeu a maioria absoluta que detinha desde 2005, conseguida com 45,03% dos votantes, o CDS/PP passou a terceira força política, enquanto que o PCP/PEV ficou em quinto lugar logo atrás do BE. O PSD recolheu uma das piores votações de sempre para a Assembleia da República, ficando mesmo abaixo, em número de votos, do resultado conseguido por Santana Lopes em 2005.
foto

No Distrito de Braga

Apesar do resultado nacional apresentar uma diminuição do número de votantes no PS, na ordem do meio milhão, o PS no Distrito de Braga aguentou-se muito bem, tendo conseguido eleger 9 deputados, os mesmos que detinha desde a eleição de 2005. Em termos percentuais o Partido Socialista obteve em Braga a segunda maior votação com 41,73% enquanto que o Porto conseguiu a maior votação com 41,81%. O BE conseguiu pela primeira vez a eleição de um deputado pelo círculo de Braga, o CDS elegeu 2 deputados, o PSD perdeu um e o PCP manteve a sua representação com um deputado.

Em Cabeceiras de Basto

Os eleitores Cabeceirenses deram a vitória ao Partido Socialista com 5.062 votos (50,3%), tendo o PSD conseguido 3.250 votos (32,3%), o CDS 722 votos (7,2%) o BE 372 votos (3,7%) e o PCP/PEV 227 (2,3%). De acordo com uma fonte socialista este resultado revela que os Cabeceirenses estão gratos ao Governo do Partido Socialista que investiu em Cabeceiras de Basto um montante global muito signifi-cativo, em equipamen-tos e vias de comunicação de grande importância para o desenvolvi-mento sócio-econó-mico do concelho, nomeadamente na Variante, no Arco de Baúlhe/Faia, no Centro de Emprego, no Tribunal, na Unidade de Internamento e nos edifícios escolares. O PS ganhou em catorze das dezassete freguesias. Gondiães e Passos votaram maioritariamente no PSD, partido que ganhou também em Bucos por um voto.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.