Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 29-06-2009

SECÇÃO: Destaque

Autarquia cria Centro de Orientação Vocacional e Profissional e entrega certificados de formação

As marchas a desfilar
As marchas a desfilar
Duzentos e setenta e dois diplomas de certificação foram entregues aos formandos que nos últimos meses frequentaram quer os cursos do ensino extra-escolar promovidos pela Câmara Municipal, com o apoio da empresa Emunibasto e de várias Juntas de Freguesia deste concelho, quer os cursos de RVCC – Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências promovidos pelo Centro Novas Oportunidades da Mútua de Basto, quer ainda aos que participaram em diversos cursos de enriquecimento profissional. Uma cerimónia que teve lugar no âmbito da iniciativa Valor Humano:. Oportunidades Inovadoras – Mostra de Educação, Cultura, Formação e Emprego, que decorreu no edifício multiusos do mercado municipal, neste concelho, envolvendo a comunidade local, num programa diversificado e dirigido a diferentes públicos.
Na cerimónia receberam os certificados, os formandos de diferentes faixas etárias, que frequentaram aqueles cursos em várias localidades e receberam formação em áreas tão distintas como a culinária, os bordados, as artes decorativas, a tecelagem da lã, a pintura em tela, bem como em acções de formação como operador florestal, apoio familiar, jardinagem, carpintaria e seviço de mesa.
Várias entidades aderiram ao Centro de Orientação Vocacional
Várias entidades aderiram ao Centro de Orientação Vocacional
Na ocasião, o Presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, enalteceu o trabalho que tem sido desenvolvido em parceria com diferentes organismos que, ao apoiarem estas acções, estão a contribuir para recuperar tradições, qualificar os recursos humanos e abrir caminhos para novas possibilidades de emprego. Iniciativas que representam uma nova oportunidade para centenas de homens e mulheres, que por esta via adquiriram e validaram conhecimentos, qualificando-se e consequentemente gerando mais possibilidades de emprego, que segundo referiu «devem estar associadas à inovação, às novas tecnologias e ao empreendedorismo».
Para o edil, além da aprendizagem, estas acções fomentam ainda, o convívio e o intercâmbio social, ocupando de forma salutar os tempos livres e contribuindo para a dinamização da economia do concelho. A valorização dos recursos humanos é, por isso, uma aposta à qual o Município pretende dar continuidade.

Centro de Orientação Vocacional e Profissional

Feira do Livro
Feira do Livro
Tendo em vista apoiar os mais jovens na sua orientação profissional, a Autarquia de Cabeceiras de Basto firmou no decurso da iniciativa Valor Humano – Oportunidades Inovadoras, um protocolo de colaboração com a Emunibasto, os Agrupamentos de Escolas de Arco de Baúlhe e de Refojos, o Externato S. Miguel de Refojos e os CNO’s – Centros de Novas Oportunidades, da Mútua de Basto e da Escola EB 2,3 de Cabeceiras de Basto, tendo em vista a criação de um Centro de Orientação Vocacional e Profissional.
Formandos recebem certificados
Formandos recebem certificados
Uma nova estrutura que tem por objecto a promoção de actividades de orientação, de informação, de acompanhamento, de avaliação de competências, apoiando na escolha e na gestão da carreira através da implementação de práticas e do desenvolvimento de projectos pessoais que permitam aos estudantes, efectuar as melhores opções no que à sua formação profissional diz respeito.
Uma nova estrutura a instalar em local ainda a definir, mas que será certamente uma mais valia para apoiar os jovens a encontrar a sua vocação profissional.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.