Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 29-06-2009

SECÇÃO: Desporto

foto
O regresso da “juventude”

No passado dia 21 de Junho do presente ano realizou-se no Estádio António José Queirós Gomes Pereira, no lugar das Cerderinhas, o sétimo convívio consecutivo das camadas jovens do Atlético Cabeceirense. Neste convívio, estiveram presentes, cerca de oitenta atletas, que desde a década de 70 vestiram a camisola do Atlético nas suas camadas jovens, conquistando bastantes títulos para o A.C.. Como tem sido costume, não só os atletas foram os únicos protagonistas, tiveram ainda a presença de ex-treinadores que muito contribuíram para a formação e consolidação da personalidade dos jovens que envergaram com orgulho a camisola deste clube, como são o caso dos irmãos Avelino e Manuel Lima Leite (Nelinho para os amigos) e Nelo Pote, entre outros. Surgiu ainda a presença, de três outras surpresas o Isaac (intitulado por CR7 o Cabeceirense) que fez um grande sucesso, até marcou dois golos, um quando existiam duas bolas em campo e outro de penalti, Paulo Piteiro que mostrou que ainda sabe dar uns toques na bola e ainda o grande animador, Marinho que fez um excelente trabalho. Assim por volta das 15 horas alguns dos atletas convidados estiveram numa visita ao Museu Museológico de Cabeceiras de Basto, no Mosteiro de Refojos, passando de seguida para o estádio onde, mostraram que ainda estão ai para as curvas, num dia onde o sol ajudou à festa, fazendo com que os jogadores “suassem mais a camisola”. Os “jovens Cabeceirenses” dividiram-se em duas equipas uma delas dirigida por Nelinho e a outra por Avelino e Nelo Pote, num jogo que foi dividido, em duas partes de 30 minutos e onde o resultado final, não interessa muito, pois o mais importante, é o desporto, o convívio que estas iniciativas, proporcionam a todos os presentes e ainda o reviver com orgulho, de uma infância dada ao Atlético e ao futebol Cabeceirense. Seguiu-se depois um jantar convívio, onde puderam confraternizar e restabelecer do esforço desperdiçado durante a tarde e onde a alegria e a boa disposição estavam estampadas nos rostos de todos os presentes. Este foi o momento onde os “Jovens Atletas” puderam ainda recordar, episódios que marcaram as suas passagens pelo Atlético, como por exemplo: quando jogavam com equipas chamadas “grandes”, quando fizeram exames na selecção, mas o que me ficou mais na cabeça, foi quando em conversa um dos ex-jogadores referiu “e daquela vez que o treinador nos mandou por descalços e pôs-nos a correr em cima do mato, dizendo que era para nós não ganharmos entorses nos jogos”, ou então dicas para fazer frente aos adversários que eram mais evoluídos tecnicamente, foram muitas as histórias que ali foram relembradas, enquanto se comiam os aperitivos. Depois já dentro do restaurante, os ex–atletas mostram o porquê das barriguinhas, enquanto se comia, mostravam num plasma para todos ver, os êxitos atingidos enquanto jogadores, as fotos dos anteriores convívios. Depois do jantar, deu-se lugar aos discursos, onde foi dados os parabéns aos organizadores, desta iniciativa, principalmente a Sobrinho, que teve direito a alguns elogios pelos que discursaram, relembraram-se ainda alguns ex – atletas que infelizmente já não estão entre nós e ainda que nos convívios futuros seja ainda melhor. Houve ainda o sorteio de duas bolas assinadas por todos os atletas e uma bicicleta, de seguida deu-se inicio à entrega de uma pequena lembrança a todos os presentes e a certeza de continuar a manter esta iniciativa para demonstrar a verdadeira mística deste clube. O Jornal Ecos de Basto felicita a iniciativa e o convite para estar presente nesta iniciativa tão importante para estas “JOVENS”.


foto

foto

foto

foto

foto

foto























Por: Manuel Magalhães

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.