Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 06-04-2009

SECÇÃO: Política

Autárquicas 2009
Lopes Machado candidato do PS à Câmara de Celorico de Basto

Rumo ao desenvolvimento é o lema do candidato do PS, Lopes Machado, à Câmara de Celorico de Basto.

foto
Na apresentação pública da sua candidatura que decorreu no dia 4 de Abril, na sede do PS local e onde participaram várias dezenas de militantes, bem como os presidentes das Câmaras de Cabeceiras de Basto, Engº Joaquim Barreto, de Fafe, Dr. José Ribeiro, de Guimarães, Dr. António Magalhães e de Vizela, Dr. Francisco Ferreira, o candidado disse que o Município de Celorico de Basto, actualmente gerido pelo PSD, “tem de avançar rumo ao desenvolvimento, como sucede nos concelhos vizinhos geridos pelos socialistas”.
Lopes Machado, que se recandidata ao cargo, disse concorrer por amor à terra onde nasceu e por sentir o “apelo de militantes e cidadãos sem partido para o fazer, e porque o concelho precisa de um novo rumo depois de 20 anos de poder social-democrata”. Disse ainda que “basta olhar para os concelhos de Cabeceiras de Basto, Fafe, Vizela e Guimarães” onde o desenvolvimento é notório, para compreender a necessidade de mudar a gestão municipal de Celorico.
Na sua intervenção deixou ainda críticas às opções feitas pelo actual executivo celoricense em matéria de cooperação intermunicipal e mostrou-se optimista quanto aos resultados a alcançar em 2009, uma vez que nas últimas eleições o PS obteve 40 por cento dos votos e cresceu dois mil sufrágios.






Num distrito onde o PSD domina com oito Câmaras contra seis do PS, o concelho de Celorico de Basto é uma das apostas da Federação Distrital do PS de Braga para as próximas “autárquicas”.
Na sua intervenção o Presidente da Distrital rosa, Engº Joaquim Barreto, começou por dar conta da importância do PS no panorama político nacional, um partido que tem uma cultura própria, assente em ideias e valores como a solidariedade, a seriedade, a abertura e a proximidade às pessoas na execução das políticas e das acções. O PS tem uma cultura autárquica de serviço às populações e de desenvolvimento sustentado na luta pelo bem-estar comum. Referiu a propósito que o PS é uma “força” dinamizadora que conta com militantes dedicados e corajosos como os de Celorico de Basto, concelho que tem vindo a crescer. Lopes Machado, destacado militante do PS, apresenta-se por isso, como um candidato capaz, que honra o partido e os militantes do PS e que pela sua dedicação e força, merece que “os Celoricenses lhe dêem agora uma oportunidade para fazer avançar este grande concelho”. Celorico de Basto “precisa de um presidente como o Manuel Lopes Machado”, concluiu.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.