Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 01-12-2008

SECÇÃO: Informação

Mútua de Basto/Norte recebe prémio em Silleda - Galiza

A Mútua de Basto/Norte recebeu, no passado dia 19 de Novembro, das mãos do Presidente do Governo da Galiza, Emílio Perez Tourino, o 1.º prémio no XXIX Concurso Internacional do Dia do Agricultor 2008, na XXXI Feira Internacional da Galiza.
Esta acção (“Iniciativas Locais de Desenvolvimento Rural”) acontece numa conjuntura em que o crescimento local e o seu desenvolvimento se encontram entorpecidos. Desta forma, sentiu-se a necessidade de organizar um evento que premiasse as organizações que dão resposta a estas lacunas.

Em Silleda, Joaquim Barreto, Presidente da Mútua de Basto recebe troféu
Em Silleda, Joaquim Barreto, Presidente da Mútua de Basto recebe troféu
O Júri premiou a Mútua de Basto/Norte por reconhecer que esta Associação, com Sede em Cabeceiras de Basto mas com uma abrangência ao Nível da Região Norte – NUT II- tem por finalidade a promoção e o desenvolvimento dos meios rurais nos concelhos da sua área social através da dinamização de iniciativas de apoio às actividades produtivas e à protecção do ambiente, bem como, a promoção e implementação de programas de desenvolvimento do meio.
Actualmente, é possível destacar na Mútua um leque de serviços que foram sendo criados, nomeadamente, a Formação Profissional e o Centro Novas Oportunidades, a Inseminação Artificial, a Sanidade Animal, o Agrupamento de Produtores de Cabrito das Terras Altas do Minho, o Centro de Apoio aos Sistemas Agrícolas de Montanha, os Seguros, entre outros.
O Presidente da Direcção da Mútua de Basto/Norte, Eng. Joaquim Barreto, congratulou-se com este reconhecimento pois, ao longo destas duas décadas de trabalho, foram vários os projectos promovidos pela Mútua com o objectivo de contribuir para a revitalização da economia local, estimulando o emprego e o bem-estar da comunidade.
De referir que a Mútua de Basto/Norte já foi premiada em outras ocasiões na feira de Silleda – Espanha com o 2.º e 3.º prémio pela melhor experiência de associativismo agrário na área geográfica do Norte de Portugal e Galiza.
Estes prémios de âmbito internacional dão mais alento e motivação para continuar o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido.

Por: Elisabete Ribeiro

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.