Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 10-11-2008

SECÇÃO: Informação

Pela Câmara
ADIB e Fundação A J Gomes da Cunha

Reunido no edifício dos Paços do Concelho no passado dia 23 de Outubro, o executivo municipal de Cabeceiras de Basto, decidiu apoiar financeiramente a ADIB – Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto e a Fundação A J Gomes da Cunha. Duas instituições particulares de solidariedade social, que viram recentemente aprovadas as candidaturas apresentadas no âmbito do PARES – Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais, que prevê a construção de novas valências e consequentemente, mais respostas sociais a integrar na rede solidária.
Centro de Dia e de Apoio Domiciliário será construído pela ADIB

Centro de Dia e de Apoio Domiciliário em projecto
Centro de Dia e de Apoio Domiciliário em projecto

A Câmara Municipal decidiu, atribuir um apoio financeiro de 60.000 euros à ADIB, tendo em vista fazer face aos encargos com a construção do Centro de Dia e de Apoio Domiciliário que esta colectividade pretende levar a efeito na freguesia de Painzela, deste concelho. Trata-se por isso, de um investimento que ascende a 432.700 euros. A edificação deste equipamento social nas imediações da sede da vila de Cabeceiras de Basto, ainda que em terrenos da freguesia de Painzela, terá capacidade para albergar 34 utentes, enquanto que o apoio domiciliário previsto, deverá chegar a 40 casas. Uma obra, cujo lançamento da primeira pedra aconteceu em Agosto último, em cerimónia presidida pelo Ministro do Trabalho e da Segurança Social, Dr. José Vieira da Silva.

Lar Residencial em fase de construção, em Gondarém
Lar Residencial em fase de construção, em Gondarém
Fundação A J Gomes da Cunha constrói Lar Residencial para Pessoas Portadoras de Deficiência

Nesta reunião, também à Fundação A J Gomes da Cunha, foi atribuido um subsídio no valor de 60.000 euros, tendo em vista apoiar a construção de um Lar Residencial para Pessoas Portadoras de Deficiência. Um equipamento social, que representa um investimento na ordem dos 742.599 euros. Actualmente em fase de construção no lugar de Gondarém – S.Nicolau, este Lar Residencial terá capacidade para albergar 24 utentes. Trata-se, por isso, de uma resposta definida como prioritária no Plano de Desenvolvimento Social de Cabeceiras de Basto e que mereceu a aprovação do Ministério do Trabalho e da Solidariedade.
Um projecto antigo, através do qual a Fundação pretende dar resposta a vários utentes cuja idade vai avançando e que de um momento para o outro poderão ficar sem rectaguarda familiar, salientou na ocasião Jorge Machado, Presidente daquela Instituição de Solidariedade Social.
A construção destes dois equipamentos em Cabeceiras de Basto, resulta de um esforço conjunto e concertado entre o Estado, Autarquia e IPSS’s, e significa mais um passo na afirmação dessa solidariedade e no consequente bem estar da população, seja ao nível da primeira infância, dos cidadãos portadores de deficiência ou dos idosos.

Município agradece doação em prol do desenvolvimento do concelho

Ainda nesta reunião, o executivo municipal decidiu aceitar a doação de uma parcela de terreno com área de 15.000m2, efectuada por Gonçalo N. Ferreira de Matos e Maria Gabriela L. J. Ferreira de Melo, destinada à criação da Zona Industrial de S. Nicolau. Perante este gesto benemérito, a Câmara decidiu, agradecer publicamente ao casal, que nesta, como em outras situações, tem contribuido de forma responsável e cívica para o desenvolvimento do concelho de Cabeceiras de Basto, libertando terrenos que pemitam o rompimento de vias e a construção de novos equipamentos.

Município adere à
Entidade Regional de Turismo do Norte de Portugal

A Câmara Municipal decidiu manifestar o seu interesse em aderir à Entidade Regional de Turismo do Norte de Portugal. Trata-se de uma das 5 áreas regionais de turismo criadas por Decreto-lei, datado de Abril de 2008, cuja área de abrangência foi organizada tendo por referência as NUT’s de nível II. De referir que as novas entidades regionais de turismo são pessoas colectivas de direito público, de âmbito territorial, dotadas de autonomia administrativa, financeira e com património próprio, que pretendem dinamizar e identificar os recursos turísticos, e neste caso concreto, projectar e potenciar uma Região Norte e com o Norte, quer no contexto nacional, quer internacional.
Neste contexto, e em conformidade com o referido Decreto-Lei, o Governo aprovou os Estatutos da Entidade Regional de Turismo do Norte, que adopta a denominação de «Turismo do Porto e Norte de Portugal», fixa a localização da sua sede em Viana do Castelo e prevê a instalação de uma delegação, entre as quais se destaca a responsável pela dinamização do Produto Estratégico Touring Cultural Paisagístico e dos Patrimónios, a fixar em Guimarães. A adesão do Município de Cabeceiras de Basto àquela entidade regional, subirá à apreciação da Assembleia Municipal.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.