Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 29-09-2008

SECÇÃO: Opinião

INFORMAÇÃO AOS CONDUTORES DESPREVENIDOS

foto
CARTA DE CONDUÇÃO: TÍTULO QUE PERDE VALIDADE COM RENOVAÇÃO ANTECIPADA

O Instituto da Mobilidade e Transportes Terrestres, avisou que as cartas de condução que forem renovadas com mais de seis meses de antecedência, em relação à data obrigatória, perdem a validade.
Desde 1 de Janeiro do corrente ano, os condutores que completem 50 ou 60 anos têm de renovar a carta de condução, independentemente da data de validade do documento, mas não devem pedir a revalidação com mais de seis meses de antecedência, relativamente à sua data de aniversário. Saliento que se o pedido for feito com mais de seis meses de antecedência, o título perde a validade na data em que atingem as idades obrigatórias. Os limites de idade para a renovação de cartas foram alterados em 2005, tendo sido introduzidos, no caso dos condutores de veículos ligeiros e motociclos, dois novos escalões etários: 50 e 60 anos.
Na prática, para estes condutores, a primeira renovação, que actualmente se faz aos 65 anos, passa a fazer-se 15 anos mais cedo, ou seja, aos 50 anos, tendo sido ainda introduzida a obrigatoriedade de uma segunda renovação dez anos depois, que será aos 60 anos. Mantém-se no entanto a obrigação de revalidar a carta aos 65 e aos 70 anos e, posteriormente, de dois em dois anos.
Desde Janeiro de 2008, os condutores devem ignorar a data de validade que consta na respectiva carta de condução, e passar a seguir-se pelos novos escalões etários definidos. Os novos prazos para renovação das cartas visam um controlo mais rigoroso das aptidões física e psíquica dos condutores.
Em suma: se completou ou completa 50 ou 60 anos em 2008 deve revalidar a carta de condução.

Por: Manuel Sousa

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.