Associação Dinamizadora dos Interesses de Basto
Edição de 29-09-2014

Arquivo: Edição de 08-09-2008

SECÇÃO: Informação

BANCO LOCAL DE VOLUNTARIADO ENTROU EM FUNCIONAMENTO

foto
Município quer desenvolver o trabalho voluntário no concelho e avança com o BLV em prol de uma sociedade mais solidária. O Edíficio dos Serviços Municipais de Acção Social alberga a partir de agora esta nova estrutura concelhia.
A Secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Drª Idália Moniz homologou na semana passada, o protocolo de colabora ção estabelecido, no dia 22 de Julho, entre a Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto e o Conselho Nacional para a Promoção do Voluntariado, tendo em vista a implementação de um Banco Local de Voluntariado (BLV). Uma estrutura de âmbito concelhio - a 63ª a criar no País - que visa incentivar e promover o trabalho voluntário no concelho integrando os municípes que queiram prestar serviço voluntário nas diversas instituições e entidades concelhias. As áreas de actividades são diversas e disponibilizam oportunidades de enquadramento de interesse social e comuntitário tais como educação,solidariedadem saúde, cultura, desporto e ambiente. Neste espaço de encontro, os voluntários oferecem a sua disponibilidade para realizar um conjunto de acções inerentes à condição de cidadania activa e solidária às organizações promotoras.

Promover a oferta e a procura do voluntariado


Edifício dos Serviços Sociais acolhem BLV
Edifício dos Serviços Sociais acolhem BLV
Em suma, os objectivos são promover o encontro entre a oferta e a procura de voluntariado, fomentar a prática do mesmo, formar voluntários e agentes institucionais no âmbito da prática do voluntariado e divulgar programas e oportunidades na área.
O BLV actua em subsidiariedade e usufruindo da proximidade do conhecimento das características de cada comunidade, contribuindo desta forma, para a promoção, organização e aprofundamento do voluntariado.
No âmbito deste protocolo, o Município compromete-se a disponibilizar um espaço; afectar os recursos humanos necessários ao bom funcionamento do BLV, designando entre os mesmos o seu coordenador; assegurar o horário de funcionamento para atendimento ao público, aos voluntários e às entidades promotoras, assim como, promover a divulgação desta estrutura.
Por sua vez, o Conselho Nacional para o Voluntariado, encarrega-se de prestar apoio técnico necessário à constituição deste organismo; disponibilizar as ferramentas de trabalho indispensáveis ao seu funcionamento; colaborar na organização de sessões de sensibilização das comunidades para a prática do voluntariado e disponibilizar o logotipo identificador dos Bancos Locais de Voluntariado. Este documento tem uma vigência de 3 anos, podendo o mesmo vir a ser renovado.

Motivar os cidadãos para a prática do voluntariado

O Presidente da Câmara Municipal, Engº Joaquim Barreto, considerou na ocasião, que «sendo também papel das autarquias fomentar o exercício de uma cidadania activa, cabe-lhe a responsabilidade de motivar os cidadãos para o voluntariado. É isso que vai ser feito a partir da implementação deste Banco Local», cujo espaço fisíco já foi disponibilizado pela Autarquia. O BLV passa a funcionar no edifício dos serviços municipais de acção social.
Para o Dr. Jorge Machado, Vereador do Pelouro Social da Câmara Municipal, o Banco Local de Voluntariado apresentar-se-à como uma resposta aos problemas sociais emergentes, em que «as redes tradicionais de solidariedade vão desaparecendo, muito por força das novas realidades sociais e económicas traduzidas no envelhecimento da população, na desertificação do território, na separação familiar». Deu como exemplo as duas maiores preocupações dos idosos nos dias de hoje, que são a saúde e a solidão. Para amenizar os efeitos negativos do desaparecimento ou envelhecimento das referidas redes, o voluntariado, apresenta-se assim, como uma resposta simples que muito pode contribuir para o bem estar das pessoas.

© 2005 Jornal Ecos de Basto - Produzido por ardina.com, um produto da Dom Digital. Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.